Por que tanto frio em meados de dezembro?

15/12/2016 às 15:46
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Ventos fortes aumentaram a sensação de frio

Os seguradores de porta foram testados nesta quinta-feira porque os ventos fortes fizeram muitas portas bateram sozinhas.

A combinação do vento frio com a falta de sol derrubou a temperatura e fazendo com que as capitais o Sul, São Paulo e Rio De Janeiro tivessem um dia de quase inverno nas vésperas do verão. Às 15 horas, o aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, registrava apenas 17°C com sensação térmica de 12°C por causa do vento. No aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, a temperatura do ar era de 15°C, mas a sensação era de 11°C. Porto Alegre estava cheia de sol de dezembro, mas por causa do ar polar a temperatura não passava dos 25°C às 15h. No Rio de Janeiro, a temperatura nesta hora no aeroporto Tom Jobim era de apenas 21°C! Para os cariocas isto é sinônimo de frio e totalmente fora do comum para dezembro.

Os ventos e rajadas fortes começaram a ser sentidos nos estados do Sul e do Sudeste na noite do dia 14 e se intensificaram no dia 15. Na região de Campinas (SP), o aeroporto Viracopos registrou uma rajada com 61 km/h às 14h desta quinta-feira. No mesmo horário, o aeroporto de Jundiaí tinha ventos de 46 km/h e em Bauru, as rajadas chegavam aos 55 km/h. Em Curitiba, o aeroporto Bacacheri chegou aos 37 km/h às 14h. A quinta-feira foi um dia de muito vento também nas plataformas da Petrobrás que ficam em alto-mar.

Faltando menos de um mês para o solstício de verão, o início oficial do verão que ocorre no dia 21 de dezembro, às 8h44 (hora de Brasília), uma forte e grande massa de ar polar espalhou seu vento frio e forte pelo centro-sul do Brasil.

Foram os ventos desta massa polar que causaram a bateção de portas e a baixa sensação térmica.  O frio atípico sentido nesta quinta-feira no Sul e em muitas áreas do Sudeste está relacionado com a esta massa polar. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 2,3°C de temperatura nesta quinta-feira, 15, em Bom Jardim da Serra, no Morro da Igreja, um valor típico de inverno, mas muito baixo para dezembro.

A presença de tanto ar frio polar fora de hora está associada com o fenômeno La Niña, que é o resfriamento anormal das águas do oceano Pacífico Equatorial.

A meteorologista Josélia Pegorim comenta sobre esta massa polar especial que fecha a segunda quinzena de dezembro.

 

 

No mapa, a letra A indica a posição do centro da alta pressão polar (massa de ar polar) previsto para às 10h do dia 16/12/16. Um valor de pressão de 1030 hPa é alto no outono/inverno, quando é comum termos a passagem das massas polares fortes pelo Brasil, mas tecnicamente é um valor muito elevado para dezembro.

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

14°
min

19°
max

35mm / 90%

Porto Alegre - RS

13°
min

21°
max

0mm / 0%