Chuva diminui e calor aumenta no Sul

12/01/2017 às 16:51
por Maria Clara Machado

Oferecimento
Temperaturas disparam no RS

As condições de chuva diminuem sobre o Paraná e em especial no litoral do estado nesta sexta-feira (13). A frente fria que ajudou a aumentar muito a instabilidade já se afastou da Região Sul.


Uma massa de ar seco volta a predominar e vai garantir uma sexta-feira de bastante sol no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. O tempo fica firme nos três estados, apenas com possibilidade de algumas pancadas de chuva no extremo norte paranaense e na fronteira gaúcha com o Uruguai. Essa chuva da fronteira só deve vir à noite com a aproximação de outra frente fria.

Colheita de soja em ritmo forte no MT, MS e PR


Calorão pré-frontal
As temperaturas muito elevadas vão chamar a atenção
no interior do Rio Grande do Sul nesta sexta. "A aproximação de uma nova frente fria favorece os ventos de noroeste, que são ventos quentes e vão fazer os termômetros dispararem", comenta a meteorologista Fabiana Weykamp. Municípios do oeste gaúcho poderão ter temperatura até perto dos 40°C. A temperatura máxima prevista pela Climatempo em Uruguaiana é de 39°C.
Outra situação que será observada é queda de umidade do ar mais acentuada pelo interior dos estados da Região Sul.

Desta vez, a nova frente fria não vai conseguir avançar pela Região Sul e será desviada para o mar na altura do litoral gaúcho. No fim de semana ocorrem pancadas de chuva no Rio Grande do Sul, com risco de chuva forte na fronteira com o Uruguai. A maior parte da Região Sul vai ter um fim de semana de sol forte, calor e tempo aberto. 


Chuva intensa no litoral do PR 

A chuva foi intensa sobre o litoral do Paraná na noite desta quarta-feira (11) e na madrugada desta quinta. Os valore acumulados passaram de 200 mm na Baía de Paranaguá. Segundo as medições do SIMPER, choveu 268 mm em Floresta do Palmito, um volume extremamente alto para um período de 24 horas. 

Em Paranaguá, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou 219,4 mm. O volume de chuva em 24 horas foi o correspondente a dois terços da média histórica de chuva de janeiro, que é de cerca de 300 mm. 

Alerta conta dengue, chikungunya e zika aumenta com a chegada do verão 

FASES DA LUA

  • Crescente
    19/07
  • Cheia
    27/07
  • Minguante
    06/07
  • Nova
    12/07

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03