Mato Grosso do Sul tem chuva volumosa

15/08/2017 às 15:11
por Maria Clara Machado

Atualizado 15/08/2017 às 15:24

Oferecimento
Temporal atinge Campo Grande

Novas áreas de instabilidade se formaram entre o Paraguai e o sul de Mato Grosso do Sul e chuva veio volumosa nas últimas 24 horas. Uma linha de instabilidade também atingiu a capital Campo Grande provocando temporal e ventania. O estado vai permanecer em atenção para mais chuva e grandes acumulados nos próximos dias.  

 

Nuvens muito carregadas se formaram durante a tarde desta terça-feira sobre Campo Grande provocando chuva forte com granizo, destelhamentos, queda de árvores e de energia elétrica. 

Confira como foi o temporal em Campo Grande! 
 

Maiores volumes em 24 horas

Várias cidades do sul de Mato Grosso do Sul tiveram chuva forte entre a noite de segunda (14) e esta terça-feira (15). No período de 24 horas, entre às 13 horas de segunda e às 13 horas de terça (horário de Brasília), choveu 73 mm em Juti, 62 mm em Sete Quedas, 51 mm em Itaquiraí, 40,8 mm em Ivinhema, 39,6 mm em Ponta Porã e 14,4 mm em Dourados, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). 

  Foto: Alexandre Felipe de Carvalho. Tempo fechado em Caarapó/MS.

 

"Especialmente o sul de Mato Grosso do Sul vai continuar com nuvens carregadas e há previsão de mais chuva, que pode ser forte e volumosa", afirma o meteorologista Bruno Maon.

 

"Essa é uma situação bem atípica para o mês de agosto e essa condição de chuva vai permanecer ao longo da semana, com mais áreas de instabilidade associadas a um novo sistema de baixa pressão atmosférica, que vai se formar entre o Paraguai e o sul do estado", explica Maon.

 

  Imagem de satélite mostra as nuvens carregadas concentradas sobre o sul de MS

 

Semana de muita chuva 

O estado de Mato Grosso do Sul vai continua com muita chuva essa semana. Nesta quarta-feira (16) ainda há risco de temporais principalmente para o sul do estado. As áreas de chuva também tendem a aumentar sobre a parte central do estado, a região do Pantanal e a divisa com São Paulo, com previsão de pancadas de chuva no decorrer do dia.  

 

Em Campo Grande, a chuva deve durar mais tempo, com fraca a moderada intensidade e volumes superiores à esta terça-feira. 

 

Na quinta-feira (17) todas as áreas do estado poderão ter chuva forte. A semana vai terminar com grandes acumulados especialmente em áreas do centro-sul do estado, ultrapassando os 100 mm.

 

Confira o acumulado de chuva estimado para todo o Centro-Oeste até o próximo domingo (20): 

 

 

Veja também: 

Brasília tem a tarde mais quente em cinco meses

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

14°
min

20°
max

5mm / 90%

Campo Grande - MS

15°
min

23°
max

0mm / 0%