Palmas (TO) registra recorde de temperatura e de chuva em 24h

05/02/2018 às 18:43
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Belém registra o quinto maior volume de chuva em 24 horas em 57 anos.

O Tocantins foi um dos estados brasileiros onde mais choveu nos últimos dois dias. O excesso de nebulosidade e a chuva frequente derrubaram a temperatura em todo o estado. Palmas, a capital do Tocantins, teve as mais baixas temperaturas do ano até agora nesta segunda-feira, 5 de fevereiro, e também o maior volume de chuva em 24 horas.

 

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima em Palmas foi de 19,8°C e a temperatura máxima foi de apenas 24,6°C. Na medição das 16 horas (horário de Brasília), a máxima de Palmas foi a quarta mais baixa entre as capitais atrás de Belo Horizonte (22,0°C), Brasília (23,2°C) e Curitiba (24,3°C).

 

O INMET registrou 63,9 mm de chuva acumulados entre 10 horas do dia 4 e 10 horas de 5 de fevereiro, no horário de Brasília, a maior quantidade de precipitação em 24 horas em Palmas este ano e o mais alto entre as capitais em 5 de fevereiro.

O total de chuva em Palmas nos primeiros 5 dias de fevereiro foi de 126,8 mm (medição convencional), que corresponde a 58% da média de chuva para fevereiro que é de aproximadamente 217 mm. Durante o mês janeiro choveu 273 mm sobre Palmas, um pouco acima da média para este mês que é de 246 mm.

 

Entre 10 horas do dia 4 e 10 horas de 5 de fevereiro, no horário de Brasília, cidades do Tocantins ficaram na lista dos 10 maiores volumes de chuva em 24 horas no Brasil, segundo o INMET.

 

 

 

Foto de Gleive Marcio Rodrigues, Palmas (TO)

 

Chuva volumosa na Região Norte

Grandes áreas de instabilidade persistem por quase todo o Norte do Brasil esta semana e vão provocar pancadas de chuva frequentes nesta terça-feira. A maioria das áreas do Tocantins, Pará, Amazonas, Acre e Rondônia terão chuva forte e volumosa e as pancadas podem ocorrer a qualquer hora. O sol e o tempo seco predominam só em Roraima, no noroeste do Pará e no interior do Amapá.

Mas a tendência é de enfraquecimento das áreas de instabilidade no decorrer da semana. A partir da quinta-feira, as pancadas de chuva devem ficar menos frequentes e mais concentradas à tarde e à noite. Toda a Região Norte terá maiores períodos com sol.

 

Belém tem quinta maior chuva em 24h em 57 anos

A chuva muito volumosa que ocorreu em Belém, capital do Pará, no primeiro fim de semana de fevereiro causou transtornos pela cidade. Foram 132,3 mm acumulados em 24 horas, entre 10 horas do dia 3 e 10 horas de 4 de fevereiro de 2018, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Foi o maior volume em 24 horas desde ano e a quinta maior quantidade de chuva em 24 horas em Belém em 57 anos de medições.

 

 

Maiores volumes de chuva em 24h em Belém (1961 - 2018)

CIDADES RELACIONADAS

Belém - PA

23°
min

31°
max

20mm / 90%

Palmas - TO

23°
min

34°
max

0mm / 0%