Balanço da chuva de março de 2018 nas capitais brasileiras

04/04/2018 às 13:59
por Josélia Pegorim

Atualizado 04/04/2018 às 17:07

Oferecimento
Maior anomalia positiva de chuva foi em Curitiba e maior anomalia negativa foi em Rio Branco

Março foi um mês de muita instabilidade sobre o Brasil, com muitos registros de temporais em quase todos os estados. A maioria das capitais teve um ou mais eventos de chuva intensa que causou transtornos para a população.

 

As capitais Belo Horizonte, Vitória, Salvador, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Teresina e Macapá registram durante o mês de março de 2018 a chuva mais intensa em 24 horas do ano até agora.

 

Teresina: 128,0 mm entre os dias 29 e 30 de março

Natal: 94,6 mm entre os dias 28 e 29 de março

Belo Horizonte: 80,2 mm entre os dias 1 e 2 de março

Fortaleza: 79,0 mm entre os dias 9 e 10 de março

João Pessoa: 71,6 mm entre os dias 29 e 30 de março

Macapá: 70,0 mm entre os dias 21 e 22 de março

Salvador: 51,0 mm entre os dias 21 e 22 de março

Vitória: 47,0 mm entre os dias 7 e 8 de março

 

 

Chuva de março de 2018 nas capitais brasileiras

 

 

Chuva de março acima da média

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a chuva de março de 2018 ficou igual ou acima da média para o mês em 15 das 27 capitais brasileiras. As capitais que tiveram mais chuva do que o normal ou igualaram a média foram: Porto Alegre, Florianópolis (igualou), Curitiba, São Paulo, Rio De Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Brasília, Salvador, Aracaju, Maceió, João Pessoa (pouco acima), Natal, Teresina (pouco acima) e Belém.

 

Curitiba teve quase o triplo da média de chuva

Considerando os novos valores de referência Climatológica divulgados pelo INMET para o período de 1981 a 2010, a maior diferença positiva em relação à média ocorreu em Curitiba. A capital do Paraná acumulou aproximadamente 328 mm, quase três vezes mais do que a média de chuva para março que fica em torno de 123 mm.

 

Mas também é preciso destacar Belo Horizonte que acumulou quase 392 mm em março, 98% acima da média histórica. A capital de Minas Gerais teve o terceiro março mais chuvoso em 108 anos de medições.

 

A chuva de Aracaju também ficou muito acima da média. Choveu quase 186 mm, um pouco mais do que o dobro da média para março que fica em torno de 88 mm. Quase toda a chuva caiu nos últimos 10 dias do mês, quando áreas de instabilidade se espalharam pela costa leste do Nordeste e provocaram várias pancadas de chuva sobre Aracaju, algumas moderadas a fortes. Março ainda não é época de chuva na capital de Sergipe.

 

 

Foto de Willian Bazoli, Belo Horizonte (MG)

 

 

Mais de 500 mm em Belém

O maior volume de chuva acumulado em março de 2018 nas capitais brasileiras ocorreu em Belém. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou aproximadamente 507 mm de chuva nos 31 dias de mês. Mas capital do Pará só conseguiu esta marca por causa da dos eventos de chuva moderada a forte que voltaram a ocorrer após o dia 21 de março, quando a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) começou a ganhar força novamente na costa norte do Brasil. Entre os dias 1 e 20 de março, o total de chuva em Belém era de aproximadamente 250 mm, 44% abaixo da média.

 

Chuva de março abaixo da média

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a chuva de março de 2018 ficou abaixo da média para o mês em 12 das 27 capitais brasileiras. As capitais que tiveram menos chuva do que o normal em março foram: Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Recife, Fortaleza, São Luís, Palmas, Macapá, Boa Vista, Manaus, Porto Velho e Rio Branco.

 

A capital com maior deficiência de chuva em março de 2018 foi Rio Branco. A capital do Acre recebeu aproximadamente 104 mm de chuva, volume 63% abaixo da média para o mês que é de quase 280 mm.

A falta de chuva em São Luís e em Fortaleza foi consequência da fraca atividade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) durante quase todo o mês de março. A chuva é sempre muito aguardada na costa norte do Nordeste, pois é um dos meses da quadra chuvosa do ano na região. A ZCIT ganhou força na última semana do mês.

 

 

Anomalia da chuva de março de 2018 nas capitais brasileiras

 

 

Anomalia de chuva de março de 2018 nas capitais brasileiras

 

CIDADES RELACIONADAS

Belém - PA

24°
min

31°
max

20mm / 90%

Cuiabá - MT

21°
min

36°
max

0mm / 0%