Temperatura despenca em capitais do Sul e do Sudeste

13/04/2018 às 16:34
por Josélia Pegorim

Atualizado 13/04/2018 às 19:52

Oferecimento
Grande e forte massa de ar polar se espalha pela costa destas Regiões. Há possibilidade de recordes nos próximos dias.

Uma grande e forte massa de ar de origem polar se espalha pela costa do Sul e do Sudeste do Brasil e vai fazer a temperatura despencar nos próximos dias nas capitais da Região Sul e do Sudeste. Tecnicamente será uma massa de ar polar forte, mas como o ar frio intenso estará sobre o mar, seu efeito sobre o interior do continente será suavizado. Assim, a queda da temperatura será mais acentuada e persistente nas áreas mais próximas do mar do que nas regiões mais afastadas do litoral.

 

O ar polar chega com mais força sobre as capitais da Região Sul, de São Paulo, do Rio de Janeiro e do Espírito Santo do que a Belo Horizonte. Mesmo assim, todas as capitais do Sul e do Sudeste vão sentir o efeito desta grande massa de ar polar e há chance de recordes de temperatura.

Por ser uma massa de frio oceânica, apesar de ter forte intensidade, o ar polar praticamente não terá efeito sobre o Centro-Oeste do Brasil. O calor continua nesta Região.

 

Curitiba gelada

Em Porto Alegre, a temperatura despencou nesta sexta-feira, 13 de abril. O aeroporto local marcava 20°C às 14 horas e 33°C (queda de 13 °C) no mesmo horário na quinta-feira. A temperatura fica amena durante todo o fim de semana, mesmo com os períodos com sol. Em Florianópolis e em Curitiba, a queda da temperatura neste sábado será bastante acentuada e a sensação será de friozinho. O domingo também será frio. A maior chance de recorde em Florianópolis é na segunda-feira, 16 de abril.

 

Mas das três capitais da Região Sul, a que vai ficar mais gelada será Curitiba, capital do Paraná. A combinação de céu nublado (falta de sol) e ar frio de origem polar vão manter Curitiba com clima de inverno especialmente no domingo e na segunda-feira, 16. Entre o domingo, 15, e terça-feira, 17 de abril, há chance de recorde de menor temperatura da madrugada e da tarde em Curitiba. 

Atenção: há risco de ressaca no litoral da Região Sul durante o sábado

 

Alerta: chuva volumosa no litoral do Paraná

 

Fim de semana com sensação de frio na Região Sul

 

 

Foto de Carlos Latuff, Porto Alegre (RS)

 

São Paulo fria

Das capitais da Região Sudeste, a queda da temperatura será mais brusca sobre São Paulo e Rio de Janeiro. O ar frio de origem polar também vai chegar a Belo Horizonte e a Vitória, mas de forma menos intensa. Mesmo assim, é possível pensar em recordes de frio nas quatro capitais.

 

Em São Paulo, a temperatura começa a baixar no sábado, mas é no domingo que o resfriamento será intenso. A combinação de céu nublado e ar polar vão manter a temperatura baixa. A Grande São Paulo fica nublada e com chuva a qualquer hora durante a tarde do sábado e no domingo. A tarde do domingo, 15 abril, será uma das mais frias do ano até agora na capital paulista, com temperatura máxima próxima do recorde de menor máxima. Com recorde ou não, quem estiver na cidade São Paulo no domingo e na segunda-feira, 16, terá sensação de frio o dia todo.

 

No Rio de Janeiro, o sábado ainda será quente, mas já com previsão de chuva até de moderada intensidade. A grande queda da temperatura ocorre no domingo, que será um dia nublado, com chuva e vento frio, moderado e persistente. O tempo chuvoso e frio predomina na segunda-feira. A tarde do domingo pode ser a mais fria do ano até agora. O recorde de madrugada mais fria é mais provável na quarta-feira, 18 de abril. Atenção: há risco ressaca no domingo!

 

Em Belo Horizonte, o fim de semana será com sol, calor e pancadas de chuva com raios à tarde e à noite, embora o vento frio de origem polar comece a ser sentido já na noite do domingo. A queda da temperatura mais acentuada será sentida a partir da segunda-feira, 16 de abril. A maior chance de novo recorde de menor temperatura do ano é na madrugada de terça ou da quarta-feira, 18 de abril.

 

Em Vitória, o fim de semana também será quente, abafado, com períodos com sol e pancadas de chuva. O vento frio de origem polar começa a ser sentido durante o domingo, mas a queda da temperatura acentuada ocorre só durante a segunda-feira, quando a nebulosidade também será maior sobre a capital capixaba. Há possibilidade de recorde de menor temperatura do ano (madrugada mais fria) nos dias 17 (terça-feira) e 18 de abril.

 

Alerta para muita chuva no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

13°
min

18°
max

2mm / 80%

São Paulo - SP

13°
min

27°
max

1mm / 0%

FASES DA LUA

  • Crescente
    19/07
  • Cheia
    27/07
  • Minguante
    06/07
  • Nova
    12/07

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03