São Paulo tem quinto maio mais seco em 57 anos

31/05/2018 às 12:08
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Em 31 dias choveu em apenas 2 dias do mês, durante a passagem de uma forte frente fria. Maio termina com a menor temperatura e menor umidade do ano, até agora.

Secura de Maio seco em São Paulo

Na Climatologia da cidade de São Paulo, maio é um mês de pouca chuva e é considerado o início efetivo do período normal de estiagem do ano. Mas maio de 2018 repetiu a secura de abril e teve muito menos chuva do que a média.

Sem expectativa de chuva para o último dia do mês, maio de 2018 termina com apenas 10,8 mm de chuva acumulados na estação meteorológica do Mirante Santana, na zona norte da cidade São Paulo. Pelo histórico de medições do Instituto Nacional de Meteorologia, este o quinto mês de maio mais seco em 57 anos, desde 1961A chuva de maio de 2018 ficou 86% abaixo da média histórica que é de 78,1 mm. 

 

Segundo o INMET, os meses de maio mais secos em São Paulo, desde 1961, foram:

 

1963: 3,7 mm

1980: 5,4 mm

1974: 8,1 mm

2000: 9,3 mm

2018: 10,8 mm

 

Mas considerando o período mais longo de dados, de 1943 a 2018 (75 anos de medições), maio de 2018 foi o sétimo maio mais seco.

 

1963: 3,7 mm

1950: 4,3 mm

1980: 5,4 mm

1974: 8,1 mm

2000: 9,3 mm

1944: 9,6 mm

2018: 10,8 mm

 

Em 31 dias, o Mirante de Santana registrou alguma chuva em apenas 2 dias, em 19 e 20 de maio, durante a passagem de uma forte frente fria. A média de chuva normal para maio é de 78,1 mm, tendo como referência as novas médias divulgadas pelo INMET para o período de 1981 a 2010. Em maio de 1963 também choveu apenas 2 vezes.

 

São Paulo teve 3º abril mais seco em 40 anos

 

Menor umidade relativa do ar em 2018

Foi no dia 4 de maio que São Paulo registrou o menor índice de umidade no ar este ano, até agora. De acordo com o INMET, a umidade no ar foi baixou para 24%. A tarde de 4 de maio foi a mais seca do ano em São Paulo, por enquanto.

Na tarde de 30 de maio, a umidade relativa do ar medida pelo modo tradicional foi de 33% no Mirante de Santana, o que fez de São Paulo a segunda capital mais seca do país, junto com Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. A capital mais seca foi Palmas, no Tocantins, com 32% de umidade no ar.

 

Foto por Thiago Lino, São Paulo(SP)

 

 

Menores temperaturas do ano

Faltou chuva e também faltou ar polar em São Paulo em maio de 2018. O mês termina com a média das temperaturas mínimas e das máximas acima do normal. O INMET registrou até 29,6°C  no dia 5, que é um valor muito elevado para os padrões de maio. A média normal de temperatura máxima para maio é de 23,3°C.

A forte frente fria que passou pela cidade entre os dias 19 e 22 de maio causou resfriamento intenso. No dia 21 de maio, a temperatura mínima foi de 9,3°C no Mirante de Santana, oficialmente a menor temperatura em 2018, até agora. A tarde de 18 de maio foi a mais fria do ano, por enquanto, com temperatura máxima de apenas 18,0°C.

CIDADES RELACIONADAS

Palmas - TO

23°
min

39°
max

0mm / 0%

São Paulo - SP

16°
min

32°
max

4mm / 90%