Madrugadas frias na região central do Brasil

26/06/2018 às 14:45
por Redação

Oferecimento
Temperatura cai para 8°C no interior da Bahia

Enquanto boa parte do Sudeste do Brasil enfrenta um mês de junho com temperaturas acima da média, na região central do país o frio na madrugada é que tem chamado a atenção nos últimos dias. A umidade do ar muito baixa, a ausência de nuvens e a atuação de um sistema de alta pressão, têm sido os fatores que, combinados, estão deixando as noites e manhãs mais frias que o habitual em cidades do Tocantins, do sudeste do Pará, nordeste de Mato Grosso, norte de Goiás, Distrito Federal, norte de Minas Gerais, oeste da Bahia, sul do Piauí e sul do Maranhão.


Recordes de mínimas 

Neste começo de semana várias estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registraram temperaturas abaixo dos 15°C nestas regiões: 

 

tabela frio madrugada

 

 

A temperatura de 8,0°C em Santa Rita de Cássia/BA na última segunda-feira (25) é a menor registrada em todo o estado da Bahia neste ano de 2018. As mínimas no Tocantins, Piauí, Maranhão e Pará também tiveram a temperatura mais baixa de 2018 entre esta segunda e terça-feira (26). 

 

A umidade funciona como um regulador térmico e não deixa que esfrie ou esquente muito. "Com o ar muito seco, como o que tem predominado na região central do país, a temperatura varia bastante. Cai bem rápido após o entardecer e sobe igualmente rápido logo nos primeiros raios de sol. Sem umidade, não se formam nuvens, que é outro fator que ajuda a manter mais próximo da superfície um pouco do calor recebido durante o dia. Com a ausência de nuvens todo esse calor é perdido rapidamente, o que ajuda a temperatura a cair ainda mais. E pra completar, temos a atuação de um sistema de alta pressão, que ajuda a trazer ar mais frio para a região central do país", explica o meteorologista Bruno Maon.

 

Foto: Luíz de Jesus. Santa Luz/BA.

 

Mais frio nas próximas madrugadas 

Como as condições devem continuar bem parecidas ao longo da semana, as próximas noites ainda prometem ser frias. As tardes, no entanto, continuam muito quentes, com máximas acima dos 30°C. Em áreas do interior do Piauí, do Maranhão e do Tocantins, inclusive na capital Palmas, a máxima pode chegar aos 37°C ao longo da semana. A umidade continua abaixo dos 30% nas horas mais quentes do dia.

 

Colaborou neste texto o meteorologista Bruno Maon. 

 

Veja também:

Junho quente em São Paulo  

 

CIDADES RELACIONADAS

Palmas - TO

24°
min

40°
max

0mm / 0%

São Paulo - SP

11°
min

18°
max

2mm / 40%