Chuva e frio no Sul do Brasil

04/07/2018 às 10:03
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Florianópolis pode ter recorde de frio. Mar fica muito agitado e há isco de ressaca até o fim da semana

Chuva, baixa temperatura e mar muito agitado chamam a atenção no Sul do Brasil nesta quarta-feira, 4 de julho. Áreas de instabilidade ainda se desenvolvem sobre a Região, após a recente passagem de uma frente fria. A nova massa de ar de origem polar que se espalha sobre a Região não é muito forte, mas a combinação de ar polar, excesso de umidade e falta de sol deixam a temperatura baixa especialmente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina e a sensação de frio é grande no decorrer do dia.

 

Possível recorde de frio em Florianópolis

Esta quarta-feira amanheceu gelada em Florianópolis, com termômetros marcando cerca de 10°C por volta das 8 horas da manhã. O tempo chuvoso aumentava a sensação de frio.

A população da capital de Santa Catarina vai sentir frio o dia todo. O tempo segue bastante instável, com chuva persistente que pode cair com moderada intensidade por várias horas. Com o tempo chuvoso e a entrada de ar polar no decorrer do dia, é possível que a tarde de 4 de julho seja a mais fria do ano até agora em Florianópolis. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, o recorde atual de menor temperatura máxima e de tarde mais fria foram observados nos dias 15 e 16 de junho, com a máxima de 15,3°C.

 

 

Foto de Maira Di Giaimo, Canela (RS)

 

Frio no RS e em SC

A sensação de frio é grande nesta quarta-feira de forma geral no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina por causa da falta do sol e da maior presença do ar polar. O INMET registrou temperaturas de entre 1°C e 5°C em muitas áreas gaúchas e nas regiões mais elevadas da serra e do planalto sul de Santa Catarina. A fronteira com o Uruguai amanheceu gelada e em Canguçu (RS), a mínima foi de 1,5°C. São Joaquim (SC) teve temperatura em torno dos 5°C na madrugada.

O Paraná tem períodos com sol em grande parte do dia para aquecer o ar e além disso, o ar polar chegou muito fraco ao estado.

 

Para esta quinta-feira, 5 de julho, a previsão é de que a temperatura continue mais baixa em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul do que no Paraná. Não há expectativa de geada, por enquanto.

 

 

 

Chuva forte

As áreas de instabilidade que estão sobre o Sul do Brasil provocam chuva por quase todo o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Porém, a circulação dos ventos nesta quarta-feira intensifica as áreas de instabilidade sobre a região serrana destes estados. No decorrer do dia, pode chover com moderada a forte intensidade.

No Paraná, apesar da nebulosidade espalhada sobre o estado, só há previsão de chuva para o litoral.

 

Para esta quinta-feira, a previsão é de que ainda chova na maiorias das áreas do Rio Grande do Sul, na serra e no sul de Santa Catarina. Mas a chuva deve ser apenas moderada.

 

Ressaca

A população das áreas litorâneas da Região Sul deve ficar muito atenta com o mar bastante agitado nos próximos dias. Até o fim da semana, a situação é perigosa e há risco de ressaca. Saiba mais sobre o mar agitado estado semana em toda a costa leste do Brasil.

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

12°
min

19°
max

5mm / 90%