São Paulo continua com calor acima do normal para junho

13/06/2019 às 18:24
por Redação

Atualizado 13/06/2019 às 18:32

Oferecimento
Uma grande massa de ar seco sobre o Brasil bloqueia a passagem de frentes frias. Não tem previsão de chuva para SP pelo menos por mais uma semana.

Um sistema de alta pressão atmosférica continua influenciando o tempo sobre muitas áreas do Brasil, incluindo o estado de São Paulo. O final de semana no estado será marcado por tempo seco, baixa umidade do ar e calor.

 

Entenda como funciona um sistema de alta pressão atmosférica, qual a diferença de um sistema de baixa pressão e como eles estão relacionados com uma frente fria.

 

Sexta-feira de sol

Nesta sexta-feira, 14 de junho, poucas nuvens conseguem se formar com a umidade do ar baixa e  não chove no estado de São Paulo. O dia será de muito sol. A Grande São Paulo  tem outro dia com sol e tempo firme.  Para o começo da manhã, a previsão é de temperatura amena, mas ainda pela manhã esquenta e durante a tarde faz bastante calor, apenas voltando a esfriar ao anoitecer.

 

Temperatura alta

A temperatura na cidade de São Paulo na tarde de 13 de junho chegou aos 27,3°C. Foi a tarde mais quente na capital desde o dia 23 de maio, quando a máxima foi de 27,4°C.

A temperatura sobe mais nesta sexta-feira em todo o estado e passa dos 30°C em algumas áreas do litoral e do interior.

Sem previsão de passagem de ar frio sobre São Paulo nos próximos dias, a temperatura vai continuar acima do normal para junho em todo o estado de São Paulo. O último fim de semana do outono promete calor no estado de São Paulo. 

 

 

Tendência para o final de semana

O final de semana também tem previsão de tempo seco, céu aberto e calor. Com a entrada de brisa marítima no fim da tarde, a umidade aumenta e mais nuvens se formam no leste do estado, mas ainda não chove. Ao amanhecer, tanto no sábado quanto no domingo, tem possibilidade de nevoeiro no leste do estado, incluindo a Grande São Paulo.

 

No domingo,16 de junho, uma frente fria avança pela costa paulista, com fraca intensidade, e a favorece uma intensificação do vento marítimo, o que vai estimular o acúmulo de umidade e aumento de nebulosidade no litoral ao longo do dia. Mesmo assim, o sol aparece e não tem previsão de chuva nas praias.



Foto por Marcelo Pinheiro, São Paulo (SP)

 

 

Aumento da poluição e queda da umidade

A falta de chuva e de vento no estado de São Paulo acarreta o aumento da concentração de poluentes no ar. Segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), na tarde da quinta-feira, 13 de junho, a qualidade do ar chegou ao índice de moderada na maioria das áreas da capital paulista.

 

A persistência do ar seco está diminuindo a umidade relativa do ar, principalmente nas horas mais quentes do dia. Segundo o Organização Mundial da Saúde (OMG), o ideal para saúde humana é que a umidade fique acima dos 60%. Nos próximos dias, a umidade relativa do ar ficar entre 30% e 40% na Grande São Paulo e entre 20% e 30% em áreas do interior paulista.

 

Quando volta a chover?

A previsão é da chuva  voltar a aparecer no estado de São Paulo no primeiro final de semana depois do começo do inverno. O inverno vai começar dia 21 de junho, às 12h54 do horário de Brasília.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

26°
max

0mm / 0%

Brasília - DF

14°
min

25°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Cheia
    16/07
  • Minguante
    24/07
  • Nova
    02/07
  • Crescente
    09/07

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03