Região de Brasília registra primeira chuva depois de 113 dias 

25/09/2019 às 21:18
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Voltou a chover em Goiânia que também ficou mais de 129 dias sem chuva. Confira a previsão para os próximos dias.

A população do Distrito Federal costuma fazer festa na rua quando cai a primeira chuva depois da sempre longa estiagem do inverno. Este ano foram 113 dias consecutivos sem nenhuma gota de chuva, até que voltou a chover no começo da noite da quarta-feira, 25 de setembro. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a estiagem mais longa que Brasília enfrentou foi em 1963, com 164 dias consecutivos sem chuva.

 

A chuva veio fraca, mas se espalhou por quase todo o Distrito Federal. O INMET registrou 1,2 mm acumulados entre 19 hora e 20 horas. O CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais registrou 2,8 mm em 3 horas na região da Cidade Industrial e 3,4 mm no Núcleo Bandeirante, também em 3 horas.

 

Na imagem abaixo, as manchas coloridas indicam a chuva vista pelo radar meteorológico localizado em Gama, uma das cidades satélites de Brasília.



Chuva no DF vista pelo radar de Gama em 25/9/2019

 

 

Confira a tendência climática para a primavera 2019 no Centro-Oeste

 

Goiânia: 129 dias sem chuva

Após uma longa sequência de dias ensolarados, muitos quentes e secos, a noite do dia 25 de setembro começou chuvosa em Goiânia. A chuva caiu fraca a moderada e acumulou 3,8 mm entre 17 horas e 19 horas, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Já o CEMADEM registrou 7,4 mm em 3 horas de chuva na região da Vila Jardim Pompéia.   Outros locais do sul de Goiás tiveram chuva moderada forte nesta quarta-feira, 25 de setembro.

A capital de Goiás passou 129 dias praticamente sem registro de chuva. Em todo este período houve apenas um chuvisco entre os dias 5 e 6 de julho, que acumulou apenas 0,2 mm. 

A última chuva forte suficiente para molhar o chão ocorrer  entre os dias 17 e 18 de maio, quando choveu 10 mm sobre Goiânia, pela medição do INMET. 

 

Mais chuva 

Grandes áreas de instabilidade estão se espalhando sobre o Centro-Oeste e o Sudeste do Brasil e por isso voltou a chover em Goiás e no Distrito Federal. 

Nesta quinta-feira, 26 de setembro estas áreas de instabilidade continuam ativas e as pancadas de chuva continuam, podendo ser até com raios e moderadas a fortes em vários locais de Goiás e do Distrito Federal.

 

Na sexta-feira, 27, e no primeiro fim de semana da primavera, as áreas de instabilidade enfraquecem, mas com o calor e o ar umedecido, as nuvens carregadas vão continuar se formando e mais pancadas de chuva devem ocorrer. Tanto na sexta como no fim de semana, as pancadas de chuva devem ocorrer à tarde e à noite

 

Chuva forte em Mato Grosso

O estado de Mato Grosso continua tendo pancadas de chuva nos próximos dias, mas também períodos com sol forte e muito calor, ainda em torno dos 40°C. As pancadas de chuva ocorrem em geral à tarde e à noite, com raios e várias delas podem ser fortes. Há previsão de chuva também para Cuiabá.

 

Já em Mato Grosso do Sul, a tendência é do tempo secar e esquentar novamente. Choveu em muitas áreas do estado nesta quarta-feira, 25, até em Campo Grande, nas para esta quinta-feira, 26, a previsão é de chuva para norte e oeste do estado. A capital deve ter apenas muitas nuvens.

Na sexta-feira e no fim de semana, o tempo seca de vez e todo o Mato Grosso do Sul deve ter muito sol e calorão.

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

15°
min

29°
max

0mm / 0%

Campo Grande - MS

11°
min

22°
max

0mm / 0%