ZCIT e VCAN provocam muita chuva sobre o Nordeste

31/12/2019 às 17:43
por Josélia Pegorim

Oferecimento
2020 começa com risco de chuva forte em todos o estados nordestinos

Grandes áreas de instabilidade se formaram sobre o Nordeste do Brasil por causa da intensificação da ZCIT e da influência da circulação dos ventos de um VCAN. Nuvens muito carregadas cresceram em vários locais e provocaram chuva forte e volumosa.

 

Na tarde do dia 31 de dezembro de 2019, raios eram detectados até em áreas do sertão do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Ceará, situação que não é comum no fim de dezembro, que ainda é época de predomínio de tempo seco por quase todo o Nordeste.

 

Saiba quais os principais sistemas meteorológicos do verão no BR

 

Muita chuva para o começo de 2020 no Nordeste

As áreas de instabilidade da ZCIT e geradas pela circulação do VCAN vão ficar vários dias sobre o Nordeste do Brasil. Os primeiros dias de 2020 serão com tempo instável, com pancadas de chuva frequentes em todos os estados.

 

Para esta quarta-feira, 1 de janeiro, a previsão é de muitas nuvens e chuva no interior e no litoral de todos os estados. Há risco de raios e de chuva moderada a forte em todos estados

 

A partir da quinta-feira, 2 de janeiro, e até o domingo, 5, as áreas de instabilidade enfraquecem sobre o leste do Nordeste fazendo com que o sol e o tempo seco voltem a predominar gradualmente sobre Sergipe, Alagoas, o centro-leste de Pernambuco, a Paraíba e o Rio Grande do Norte.

 

 

 

Foto de Alisson Pires, Anajatuba (MA)

 

 

Chuva volumosa na Bahia e no Maranhão

Os estados da Bahia e do Maranhão receberam grandes volumes de chuva entre os dias 30 e 31 de dezembro de 2019, superando 70 mm em 24 horas em algumas localidades.  Conde, na Bahia, teve o maior volume de chuva no Brasil entre estes dias, segundo o INMET - Instituto Nacional de Meteorologia  

 

Confira os 10 maiores volumes de chuva registrados pelo INMET no Brasil entre 9h de 30/12/2019 e 9h de 31/12/2019, pelo horário de Brasília.



 

Local

UF

Chuva em 24h (mm)

Conde

BA

94,6

Buriticupu

MA

89,2

Senhor Do Bonfim

BA

87,2

Dom Eliseu

PA

71,0

Marau

BA

56,0

Bom Jesus Da Lapa

BA

56,0

São Luís

MA

52,0

Chapadinha

MA

51,6

Pico Do Couto

RJ

50,2

Colinas

MA

48,0



Entre aproximadamente 15 horas do dia 30 e 15 horas do dia 31 de dezembro de 2019, medições do CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais - indicaram mais de 100 mm acumulados em locais da Bahia e do Maranho. Confira alguns exemplos.



Local

UF

Chuva em 24h (mm)

Pedreiras

MA

165,2

Conceição do Lago do Açu

MA

164,0

Matões do Norte

MA

164,0

Igarapé do Meio 

MA

161,0

Salvador/Itapuã

BA

116,0

Salvador/Mussurunga

BA

115,6

Lauro de Freitas

BA

100,1



CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

19°
min

28°
max

5mm / 83%

Salvador - BA

24°
min

27°
max

10mm / 80%