Frio se espalha sobre parte do centro-sul do BR

07/04/2020 às 02:28
por Redação

Oferecimento
Atenção com a queda da temperatura que facilita a ocorrência de gripes e resfriados. Várias capitais devem registrar recordes de frio até o sábado, 11.

Uma massa de ar frio de origem polar, moderada a forte, avançou sobre o interior da Argentina e a partir desta terça-feira, 7 de abril, começa a influenciar o centro-sul do Brasil. Esta será a primeira massa polar forte do outono, porém a atuação mais intensa será no Sul do Brasil. Porém, embora com menor intensidade, os efeitos desta massa polar, a queda da temperatura, será sentida também nos estados de Mato Grosso do Sul, de São Paulo até no Sul de Minas Gerais e centro-sul do Rio de Janeiro.  

 

A combinação do ar polar com a falta do sol, devido ao excesso de nebulosidade, vai trazer a sensação de friozinho de outono no decorrer da semana para a Grande São Paulo e para todo o leste do estado de São Paulo, para o Sul de Minas e para o centro-sul do Rio de Janeiro, incluindo o Grande Rio.

As outras áreas das Regiões Sudeste e Centro-Oeste vão sentir uma redução do calor ao longo da semana, mas ocasionada pela chuva e excesso de nebulosidade e não pela atuação do ar frio de origem polar. 

 

Fique atento! As quedas bruscas de temperatura deixam nosso corpo mais sujeito à gripes e resfriados

 

Menores temperaturas do ano

A passagem desta massa de ar frio polar sobre o centro-sul do Brasil deve provocar queda da temperatura suficiente para estabelecer novos recordes de menor temperatura deste ano e também de tardes mais frias até agora em muitas áreas do centro-sul do Brasil. 

Até o próximo sábado, 11 de abril, há chance de recorde de baixa temperatura nas capitais Porto Alegre, Florianópolis,  São Paulo, Campo Grande e Cuiabá

 

Apesar da queda da temperatura esperada para o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Vitória, a possibilidade de novos recordes de temperatura para 2020 é pequena nestas capitais.

Confira as menores temperaturas de 2020 em algumas capitais até 6/4/2020, com dados de estações convencionais e automáticas do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia 

 

Porto Alegre: 14,3°C - 17 de janeiro

Florianópolis: 15,1°C - 18 de janeiro

Curitiba: 9,1°C - 4 de abril

São Paulo: 14,9°C - 26 de março

Rio de Janeiro: 15,0°C - 26 de março

Belo Horizonte: 15,0°C - 24 de março

Vitória: 20,3°C - 8 de março

Campo Grande: 16,6°C - 4 de abril

Cuiabá: 21,2°C - 2 de março

 

 Como está #otempodajanela aí? Participe!

 

Previsão de geada

Esta forte massa de ar polar que se espalha sobre o Sul do Brasil vai derrubar a temperatura em várias cidades da Região. O frio aumenta especialmente a partir da madrugada da quarta-feira, 8 de abril, e várias cidades devem registrar temperaturas abaixo de 10ºC até o fim da semana. 

Para quarta-feira,8, há risco de geada na serra gaúcha e catarinense.

O centro desta massa de ar origem polar, que é a região mais fria do sistema, passa sobre a região de Buenos Aires e sobre o Uruguai entre esta terça-feira, 7, e a noite da quarta-feira, 8 de abril, seguindo depois para o mar.

 

Como fortalecer o sistema imunológico neste período de isolamento

 

Mais frio no começo de maio

O frio aumenta de intensidade e em abrangência no começo de maio. Logo após a primeira semana de maio, a previsão é de que entre uma onda de frio mais forte e mais abrangente do que a desta semana derrubando a temperatura amplamente no Sul, na maioria das áreas do Sudeste, em grande parte do Centro-Oeste. Talvez já ocorra até friagem em Rondônia e no Acre.

 

 

Biometeorologia: a relação de todas as formas de vida com o tempo e o clima

 

 

 

Foto de André C., Porto Alegre (RS)

 

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

14°
min

26°
max

0mm / 0%

Florianópolis - SC

13°
min

23°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Minguante
    14/05
  • Nova
    22/05
  • Crescente
    30/04
  • Cheia
    07/05

ESTAÇÕES DO ANO

  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12