Confira a análise do clima no Centro-Oeste para a primavera 2020

21/09/2020 às 02:26
por Redação

Atualizado 23/09/2020 às 03:48

Oferecimento
Maior concentração de umidade e de chuva deve ser sobre o MT, GO e DF

A primavera de 2020 começa no dia 22 de setembro, às 10h31, no horário de Brasília, e prossegue até às 7h02 (Brasília)  do dia 21 de dezembro. 

 

Em quase todo o Brasil, a primavera é uma estação de transição do clima seco e frio do inverno para o clima quente e úmido do verão. A palavra primavera vem do latim primo vere, que pode ser entendida como o “primeiro verão”.  

 

No Centro-Oeste, Sudeste e em grande parte da Região Norte, a primavera significa aumento da chuva e do calor, mas em quase todo o Nordeste, é a estação do calor intenso e da seca. A porção norte da Região Norte tem pouca chuva durante grande parte da primavera. Na Região Sul, em anos normais, sem interferência de fenômenos oceânicos especiais, os temporais também aumentam sobre o Sul durante a primavera.

 

Primavera com La Niña

Desde o começo de setembro de 2020, as águas do oceano Pacífico Equatorial Leste estão com temperatura abaixo da média. É este resfriamento que caracteriza o fenômeno oceânico-atmosférico La Niña que, como o El Niño (aquecimento acima do normal do Pacífico Equatorial Leste), modifica o padrão de chuva e de temperatura em diversas regiões do planeta.

A expectativa é de que este evento La Niña seja fraco e de curta duração.

 

 

Primavera 2020 na Região Centro-Oeste

No Centro-oeste do Brasil, o fenômeno La Niña favorece a ocorrência de chuva, porém não para toda a Região. A concentração de umidade associada a convergência de ventos tende a ficar sobre parte de Goiás, de Mato Grosso e do Distrito Federal, o que favorece maior produção de chuva sobre estas áreas. Nesta situação, o estado de Mato Grosso do Sul e as áreas a oeste e sul de Mato Grosso são as menos favorecidas com chuva. 

 

Em outubro, a chuva privilegia Mato Grosso do Sul, mas em novembro e em dezembro a chuva será menos frequente e o calor aumenta. A maioria das áreas de Mato Grosso, de Goiás e o Distrito Federal terão mais chuva do que a média normal nos meses de novembro e de dezembro. 

 

Na região do Pantanal, a chuva mais frequente e generalizada será em outubro.  

 

Entenda as cores nos mapas abaixo

Mapa de anomalia de precipitação

- os tons de azul representam anomalias positivas (chuva acima da média normal); os tons em laranja indicam anomalias negativas (chuva abaixo da média normal)

 

Mapa de anomalia de temperatura máxima

- os tons de azul representam anomalias negativas (temperatura abaixo da média normal); os tons em laranja indicam anomalias positivas (temperatura acima da média normal)

 

 

Anomalia de chuva e de temperatura máxima no Centro-Oeste em outubro de 2020

 

 

Anomalia de chuva e de temperatura máxima no Centro-Oeste em novembro de 2020

 

 

Anomalia de chuva e de temperatura máxima no Centro-Oeste em dezembro de 2020

 

Confira abaixo a tendência completa na Região Centro-Oeste, com análises de Filipe Pungirum, meteorologista da Climatempo. 

 

 

 

No episódio do podcast "O Clima entre Nós" os meteorologistas da Climatempo Josélia Pegorim e Filipe Pungirum também comentam a primavera 2020 na Região Centro-Oeste

 

Ouça também:

 

Podcast: La Niña influencia o clima na primavera no Brasil

 

Furacões: previsíveis e perigosos

 

Podcast Agrotalk

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

19°
min

27°
max

15mm / 67%

FASES DA LUA

  • Nova
    16/10
  • Crescente
    23/10
  • Cheia
    01/10
  • Minguante
    09/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12