Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Como funcionam os alertas meteorológicos?

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

alerta clima

4 min de leitura

Como funcionam os alertas meteorológicos?

 

Condições de tempo severo possuem um grande impacto nas atividades a céu aberto, sendo um dos grandes motivos de paralisações das atividades e até mesmo de acidentes. Uma das maneiras de utilizar a meteorologia em favor dessas atividades, aumentando a segurança local e se antecipando diante da aproximação de tempestades, é promover o envio de alertas meteorológicos para as áreas de interesse dos clientes.

 

Os alertas meteorológicos são avisos que contêm informações sobre a aproximação de eventos com chuva forte, ventos fortes e raios que podem afetar as operações de diversos setores, como os de construção, mineração, transporte, logística e energia. Esses alertas costumam ser enviados para uma base de usuários cadastrados, informando o risco para a área pré-determinada, com um tempo de validade pré-estabelecido.

 

Há diversas formas de visualização dos alertas. Eles podem ser enviados por e-mail, SMS, chamadas de voz, push (notificação) no aplicativo, além da possibilidade de vê-los em tempo real na plataforma de gerenciamento de risco, através de alertas sonoros e visuais (SMAC- faça um trial). A disponibilidade dos alertas no histórico é outra informação relevante, pois pode ser usada para comprovar o intervalo em que uma operação ficou paralisada devido ao risco relacionado às condições adversas do tempo.

 

Para a emissão de alertas é imprescindível o pleno conhecimento dos critérios pré-estabelecidos das situações a serem alertadas. Sugerem-se limiares e critérios definidos para mudanças de estágio e emissão de alertas, mas também podem ser definidos critérios de acordo com a demanda do cliente. De modo geral, consideram-se 2 os estágios iniciais: Atenção e Alerta, onde cada estágio possui limiares bem definidos que devem ser respeitados para a emissão dos alertas. Pode-se observar um detalhamento do envio e do tipo desses alertas na imagem a seguir.

Figura 1: Representação dos alertas meteorológicos dentro da plataforma do SMAC – Climatempo.

 

Este procedimento é profundamente conhecido por técnicos e meteorologistas a fim de eliminar falhas no processo. Para a emissão de alertas meteorológicos eficazes é necessário que haja um monitoramento contínuo das condições do tempo por uma equipe de profissionais qualificados, além de sistemas automatizados para a visualização dos sistemas meteorológicos e plataformas de envio de informações automáticas, com possibilidade de edição para situações específicas.

 

Dentre os equipamentos essenciais para um monitoramento 24x7, estão a rede de detecção de descargas atmosféricas, imagens de satélites, imagens de radar meteorológico, dados de estações meteorológicas e pluviômetros, que serão monitorados por esta equipe de meteorologistas capacitada para a identificação das condições de risco em tempo real e com antecedência.

 

Quer receber informações exclusivas?  


Participando do nosso grupo você recebe em primeira mão conteúdos exclusivos, todos os especiais de cada mês, previsões, alertas e muito mais! Clique aqui!!

 

Por Camila Brasiliense,

Head do Setor de Construção e Mineração

 

+ mais notícias