Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Maio teve muitos recordes de frio em capitais

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: Rio de Janeiro (RJ), por Marcos Pristo

4 min de leitura

 

Maio foi um mês de muitos recordes de baixa temperatura em capitais do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste e até do Norte do Brasil. A passagem de várias frentes frias deixou o ar frio de origem polar sobre o continente que causou o resfriamento acentuado. 

 

Os recordes mais recentes foram provocados pela frente fria que avançou sobre o Sul e o Sudeste do Brasil no finalzinho de maio e trouxe uma nova massa de ar frio de origem polar que causou queda acentuada da temperatura especialmente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Mas a combinação de ar frio com excesso de nebulosidade derrubou a temperatura no Rio De Janeiro

 

 

Tarde mais fria do ano no Rio de Janeiro (RJ)

 

A cidade do Rio de Janeiro teve a tarde mais fria do ano, até agora, na segunda-feira, 31 de maio. Segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia),  a temperatura máxima não passou de 23,3°C nas estações meteorológicas automáticas da Vila Militar e de Jacarepaguá. O recorde anterior de menor máxima era de 24,2°C, no dia 13 de maio.

 

 

Menor temperatura do ano em Porto Alegre (RS)

 

Porto Alegre bateu recorde de frio para 2021 por dois dias consecutivos. A madrugada da segunda-feira, 31 de maio, foi a mais fria do ano em Porto Alegre. A estação convencional do INMET registrou temperatura mínima de 4,6ºC, batendo o recorde anterior de 7,1ºC, registrados no domingo, 30 de maio.

 

Tarde mais fria do ano em Florianópolis

A cidade de Florianópolis teve sua menor temperatura máxima registrada no domingo, 30 de maio. De acordo com a medição automática do INMET, a temperatura máxima foi de 18,2ºC (esse valor foi registrado às 03h; a maior temperatura da tarde foi de 17,6ºC). O recorde anterior era de 19,7ºC, em 12 de maio.

 

 

Maio de recordes de frio

 

Maio foi um mês de muitos recordes de baixa temperatura em capitais. Todas as capitais das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste registraram a menor temperatura do ano até agora durante o mês de maio.

 

Esta primeira semana de junho de 2021 segue com temperaturas em elevação e não há mais condições para novos recordes de frio nestas capitais. Confira!

 

São Paulo: 10,8°C, 26 maio
Rio De Janeiro: 13,7°C, 26 maio
Belo Horizonte: 14,1°C, 11 maio
Vitória: 17,3°C, 11 maio
Porto Alegre: 4,6°C, 31 maio
Florianópolis: 8,9°C, 25 maio
Curitiba: 3,2°C, 25 maio
Campo Grande: 10,5°C, 24 maio
Cuiabá: 14,5°C, 7 maio
Goiânia: 13,7°C, 19 maio
Brasília: 12,4°C, 12 maio
 

 

 Recordes em capitais da Região Norte

 

As capitais Rio Branco, Porto Velho e Palmas registraram as menores temperaturas de 2021 até agora no mês de maio. No caso de Rio Branco e de Porto Velho, o recorde aconteceu durante a passagem de ar frio de origem polar, fenômeno conhecido como friagem.

 

Em Palmas, capital do Tocantins, o recorde de menor temperatura em 2021 foi de 18,7°C, registrado no dia 27 de maio, de acordo com a medição do INMET.

 

Não há expectativa de nova friagem nesta primeira semana de junho.

+ mais notícias