Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Onda de calor: produtor deve estar atento ao risco de queimadas

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Foto: Fapesp divulgação

 

A Operação Corta-Fogo, ação do governo de São Paulo para prevenir e combater incêndios florestais, alerta para possibilidade do aumento das queimadas em São Paulo em razão do Clima mais seco. O produtor rural deve estar atento. 

 

A falta de chuva e a onda de calor prevista para os próximos dias em parte do Brasil estão entre os fatores que podem aumentar a ocorrência de incêndios florestais: o clima seco resseca as folhas e favorece a propagação de queimadas destruindo a vegetação e matando animais.

 

Onda de calor

 

Modelos climáticos da Climatempo indicam a possibilidade da atuação de uma intensa onda de calor a partir do próximo domingo (08), que deve atingir parte do Sudeste, Nordeste e Norte e o Centro-Oeste.

 

O calor mais intenso deve atingir os estados de mato Grosso, Tocantins, noroeste do Mato Grosso do Sul e o norte de Goiás. Os produtores rurais devem estar atentos a combustão instantânea o que pode gerar pontos de queimadas.    

 

temp_clima

 

temp-clima2

 

Nova onda de calor atinge o Brasil na próxima semana

 

Prevenção de incêndios

 

E para prevenir os incêndios, a Operação Corta-Fogo promove até outubro uma campanha de conscientização com objetivo de alertar a população: mensagens sobre os riscos, por exemplo, de fazer fogueiras, jogar bitucas de cigarro na mata e soltar balões estão sendo divulgadas em diversos meios e também disponíveis ao público.

 

Para acessar, basta entrar no link: http://bit.ly/ materialcortafogo

 

Em 2020 ocorreram 269 focos com a queima de mais de 21 mil hectares de mata. Entre as causas identificadas, por exemplo, estão ações humanas como uma simples fogueira ou até bitucas de cigarros jogadas próximas às matas.

 

Após a geada, o que acontece com o trigo?

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

O Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

 

 

 

+ mais notícias