Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Confira a previsão atualizada para o GP São Paulo de Fórmula 1

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: autódromo de Interlagos - Pirelli/LAT Images/ Fotos Públicas

5 min de leitura

Foto: autódromo de Interlagos - Pirelli/LAT Images/ Fotos Públicas

 

 

A Fórmula 1 está de volta e vai ocorrer em São Paulo, no autódromo de Interlagos, no domingo, 14 de novembro. A edição de 2020 foi cancelada por causa da pandemia da covid 19, mas a corrida de 2021 já terá público presencial. Se você pretende ir ao autódromo, fique atento aos protocolos sanitários que serão exigidos por causa da pandemia.

 

Outra novidade é a mudança do nome, que passou para Grande Prêmio São Paulo de Fórmula 1 e não mais Grande Prêmio do Brasil. A explicação para isto é que a prefeitura paulistana negociou o novo nome ao fazer o contrato para a volta da corrida para Interlagos. 

 


Desafio da previsão do tempo

 

Para os meteorologistas, a previsão das condições do tempo para as corridas de Fórmula 1 é sempre um desafio. A situação do tempo, especialmente em relação à chuva, é importante para definir a estratégia do uso de pneus. Além disso, alguns pilotos fazem corridas melhores com pista molhada e outros com pista seca.

 

Não basta prever apenas se vai chover ou não, mas o tipo e a frequência da chuva precisam ter um detalhamento especial. É preciso pensar em detalhes como: Será que a chuva será suficiente para molhar toda a pista? Será que a chuva cai antes, durante ou depois da corrida? Vai chover forte para formar lâmina de água sobre a pista?  A corrida pode começar com pista seca, molhada? Que horas começa a chuva? 

 

Outro detalhe é que os treinos podem ocorrer com pista molhada e a corrida ser com pista seca ou ao contrário.  A temperatura no autódromo também é importante.

A corrida ocorre no domingo, 14, mas na sexta-feira, 12, tem treinos livres, e no sábado, 13 de novembro, acontece o treino oficial que vai definir o grid de largada.

 

Fórmula 1 quer zerar emissões de CO2 até 2030


Sem temporal

 

Uma grande mudança de previsão ocorreu em relação às análises feitas na semana passada para os três dias da Fórmula 1 em São Paulo. A organização da Zona de Convergência do Atlântico Sul ao norte da Região Sudeste, atingindo especialmente o Espírito Santo, o centro-norte de Minas Gerais e parte do Rio De Janeiro vai manter as áreas de instabilidade afastadas de São Paulo.

 

As nuvens pesadas de temporal com raios estão descartadas para os dias de treinos e para a corrida em Interlagos, mas a região da capital paulista terá a influência de ventos marítimos que vão trazer muita umidade. A zona sul de São Paulo, onde está o autódromo de Interlagos, sente mais a presença dessa umidade que vem do mar do que outras regiões da cidade. 

 


Previsão do tempo para o Grande Prêmio São Paulo de F1 

 

Para o domingo, 14 de novembro, dia do Grande Prêmio São Paulo de Fórmula 1, a previsão é de que o tempo fique menos úmido. O dia amanheceu nublado em Interlagos, com névoa, mas que já se dissipa nesta manhã e deixa o sol aparecer. Durante a tarde, ao longo de toda a corrida, a previsão é de sol e algumas nuvens, mas sem risco de chuva. Corrida com pista seca!

 

A sensação será de menos frio do que no sábado ou na sexta-feira, mas nada de calor de novembro, que seria o normal. A temperatura máxima no domingo em Interlagos deve ficar em torno de 25°C.

 

+ mais notícias