Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Atenção para muita chuva sobre o estado do RJ 

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: iStock

3 min de leitura

Foto: iStock

 

As áreas de instabilidade de uma novo episódio de Zona de Convergência do Atlântico Sul, e a presença de uma frente fria perto da costa fluminense, deixam o tempo muito instável no estado do Rio De Janeiro nesta quarta-feira. O grande volume de chuva que já foi acumulado nos últimos 15 dias e a expectativa de mais chuva até o fim da semana, elevam o estado de preocupação para transbordamento de rios e deslizamentos.

 

 

Media de chuva

 

O mapa mostra a média de chuva para fevereiro na Região Sudeste, pelos cálculos do Instituto Nacional de Meteorologia para o período de 1981 a 2010.

Para o estado do Rio de Janeiro, as maiores médias em fevereiro não passam dos 200 mm

 

Média Climatológica de chuva na Região Sudeste para fevereiro

 

 

Mais de 200 em 14 dias

 

A chuva não deu trégua ao Norte/Noroeste Fluminense na noite de ontem e madrugada desta quarta-feira. Em Cambuci, segundo o Inmet, choveu 151,2 mm entre 16 horas do dia 8 e 4 horas da madrugada do dia 9 de fevereiro de 2022. Santa Maria Madalena acumulou 71,4 mm neste período. 

 

Os volumes registrados pelo CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais - indicam acumulados de 100 a 250 mm, aproximadamente, em 14 dias, entre 26 de janeiro e 8 de fevereiro. No Médio Paraíba, a região de Resende, por exemplo, já tinha 366,6 mm neste período, muito mais do que a média para fevereiro, que é de quase 217 mm.

 

Confira alguns acumulados de chuva muito elevados no estado do Rio de Janeiro, entre 26 de janeiro e 8 de fevereiro

 

Resende: 366,6 mm

Santo Antônio de Pádua: 254,4 mm

Mendes: 271,4 mm

Aperibé: 214,4 mm

Laje do Muriaé: 20,8 mm

 

 

Rios com níveis altos

 

Algumas áreas na região serrana do Rio de Janeiro e do Norte/Noroeste Fluminense estão em alerta pelo monitoramento do INEA - Instituto Estadual do Ambiente.

 

Às 5 horas da madrugada de 9 de fevereiro, o rio Pomba, em Santo Antônio de Pádua/Estação 17, estava com 4,61 metros, com tendência de elevação. A cota de 80% (alerta) é em 4 metros e o transbordo ocorre com 5 metros. Às 2 horas, o nível do Pomba estava em 4,01 metros.

 

Em Laje do Muriaé, o rio Muriaé também está muito elevado e já atingia a cota de 4,83 metros às 5 horas da madrugada. A cota de alerta é e, 4,12 metros o transbordo ocorre com 5,15 metros

 

Previsão

O tempo segue instável no estado do Rio de Janeiro até o fim da semana, com chuva frequente e que pode ser forte em vários momentos.

+ mais notícias