Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Procuram-se projetos para promoção de turismo de natureza

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A chamada é aberta para todo Brasil e qualquer pessoa pode se inscrever. Se você tem um projeto, uma ideia inovadora, que proponha soluções sustentáveis e economicamente viáveis  para o fortalecimento das áreas naturais protegidas, que incentive o turismo de natureza e segurança hídrica, então não deixe de ler esta matéria. Seu projeto poderá ser selecionado parar receber apoio financeiro para ser implementado!

 

 

 

Chapada dos Veadeiros (GO)/Foto: Getty Imagens

 

 

Teia de soluções

 

Estão abertas as inscrições para uma nova edição da “teia de soluções” que selecionará iniciativas que fortaleçam as áreas naturais protegidas por meio de propostas inovadoras, replicáveis e economicamente viáveis. As soluções inscritas devem responder a um dos dois desafios:

 

contribuir para a sustentabilidade financeira e a proteção da biodiversidade por meio do turismo de natureza; e desenvolver estratégias de conservação que promovam a segurança hídrica.

 

As melhores soluções serão apoiadas financeiramente para serem executadas. Até R$ 3,6 milhões estão disponíveis para o processo.

 

Esta chamada busca soluções em todas as regiões do Brasil e é uma parceria entre a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG) e Governo do Paraná, por meio da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná (FA) e Superintendência Geral da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI).

 

“O turismo em áreas naturais é uma atividade catalisadora de desenvolvimento econômico aliada à conservação da natureza, uma ferramenta importante de sustentabilidade financeira e proteção dessas regiões”, 

 

explica a gerente de Ciência e Conservação da Fundação Grupo Boticário, Marion Silva. 

 

"Além disso, áreas naturais conservadas são fundamentais para a segurança hídrica. Elas têm a capacidade de atuarem como filtros de sedimentos e resíduos, garantindo maior qualidade e regularidade na oferta de água”, 

 

completa, destacando a importância de apoiar projetos de conservação e restauração ecológica.

 

Meteorologia e turismo: uma união que vai além do planejamento

 

Os interessados devem inscrever suas propostas de solução via formulário disponível no link https://chamada.teiadesolucoes.com.br e indicar a região para a sua proposta.

 

Vale reforçar que FAPEG apoiará propostas executadas no Nordeste de Goiás com até R$ 1 milhão; FAPESB, na Bahia, com até R$ 600 mil; Fundação Araucária, no Paraná, com até R$ 1 milhão; e Fundação Grupo Boticário tem foco em todo o território brasileiro, com apoio de até R$ 1 milhão.

 

 

Inscrições

 

A participação é gratuita e as inscrições seguem até o dia 2 de junho de 2022. As propostas inscritas serão analisadas por uma banca composta por especialistas e representantes indicados pelas instituições organizadoras. As melhores soluções seguirão para uma etapa de detalhamento e mentoria e, depois, passarão por nova análise para concorrer ao apoio financeiro. O resultado com as soluções selecionadas para apoio deverá ser divulgado em dezembro de 2022.

 

Serviço:

Chamada – Teia de Soluções

Inscrições: até 2 de junho de 2022

Mais informações e inscrições: https://chamada.teiadesolucoes.com.br

 

 

Fonte: Tamer Comunicação/Fundação Grupo Boticário

+ mais notícias