Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Romeiros enfrentam sol e calor até a Basílica de Aparecida

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

7 min de leitura

Oferecido por

Observar pessoas caminhando nesta época do ano ao longo de trechos da Rodovia Presidente Dutra em direção a cidade de Aparecida, onde fica a Basílica é comum entre os meses de setembro e outubro. Com a proximidade do dia 12/10, quando e celebrado o Dia de Nossa Senhora Aparecida, o fluxo de peregrinos aumenta cada vez mais.

 

Foto tirada por  Fabricio Thiago - Romaria dos Amigos

 

Comum também nesta época é o calor e a formação de nuvens de chuva e, até tempestades. Por isso, estar atento às informações do tempo e do Clima clima para o planejamento da caminhada diária é muito importante. Em 2017, nesta mesma época, uma romeira morreu ao ser atingida por um galho de uma árvore de grande porte durante o temporal do final da tarde, quando seguia em peregrinação para o Santuário Nacional de Aparecida. O acidente aconteceu na zona rural de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, a cerca de 60 quilômetros do destino.  

 

Clima: sol, calor e alerta de chuva forte 

 

De acordo com os meteorologistas da Climatempo, as condições para chuva aumentam no fim de semana no estado de São Paulo e em áreas fluminenses que fazem divisa com o Vale do Paraíba e também na região onde está localizada a Basílica. O alerta é para o risco de temporal. 

 

No sábado, 7 de outubro, toda extensão do trecho da rodovia entre São Paulo e o Vale do Paraíba e o trecho entre a divisa do Rio De Janeiro em direção ao Vale do Paraíba,  amanhecem com sol e há previsão é de calor. A partir do meio da tarde estão previstas pancadas de chuva mais fortes acompanhadas de raios e ventos. Não dá para descartar episódios de queda de granizo.   


No domingo, 8 de Outubro, muita atenção para quem caminha ao longo da rodovia Presidente Dutra, entre São Paulo e Aparecida e na divisa entre Rio de Janeiro com a região da serra da Mantiqueira paulista, na direção da cidade de Aparecida. O dia já amanhece com chuva e o calor diminui um pouco. O risco de temporais aumenta, alertam o meteorologistas. 

 

A tendência é que o tempo continue instável na segunda-feira (09/10). O céu ainda fica cheio de nuvens intercalando períodos de sol com chuva a qualquer hora, nos trechos citados acima. 

 

Número de peregrinos em direção a Aparecida é grande na rodovia

 

De acordo com o Grupo CCR RioSP, que administra a rodovia, no ano passado, o número de peregrinos entre os meses de setembro e outubro foi de aproximadamente 29 mil. Desde a última quinta-feira (05/10), a CCR RioSP trabalha em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) numa série de ações de orientação, que visam garantir mais segurança aos peregrinos que seguem a pé ou de bicicleta em direção ao Santuário de Aparecida, no Vale do Paraíba (SP).

 

“O objetivo do trabalho integrado com a PRF é o de garantir segurança não apenas aos peregrinos que caminham em direção ao Santuário de Aparecida (SP), mas também aos motoristas que estão em viagem pela Via Dutra irão se deparar com um número alto de pedestres e ciclistas transitando. Toda a operação está sob o controle da Polícia Rodoviária Federal (PRF), órgão responsável pela segurança e fiscalização na rodovia. A concessionária apoiará todas as ações sugeridas pela corporação, que contará com um efetivo reforçando durante esse período”, explica Rodolfo Borrel, Gerente de Atendimento da CCR RioSP.

 

Aparecida

Foto: Getty Images

 

Orientações 

 

No km 99 da pista sentido São Paulo, da Via Dutra (BR-116), ao lado da base operacional de Pindamonhangaba há um ponto de orientação. O peregrino que passar pelo local entre os dias 10 e 11 de outubro, das 10h às 15h terá à disposição alguns serviços como massagem e atendimento de enfermagem com aferição de pressão. Após receber o atendimento, o peregrino recebe da concessionária isotônico, água, barra de cereal e frutas.

 

A concessionária confeccionou mais 500 materiais, entre placas e faixas, com objetivo de reforçar a orientação a todos os públicos que utilizam à Via Dutra e já iniciou a distribuição de 14 mil refletivos para ajudar na visibilidade dos grupos que caminham ao longo da rodovia. Neste ano, os pontos de apoio ao peregrino receberão adesivos numéricos para facilitar a identificação. Equipes operacionais e de Atendimento Pré-Hospitalar da Concessionária foram reforçadas assim como as mensagens nos Painéis espalhados ao longo da rodovia, alertando o motorista que está em viagem sobre a presença de pedestres e ciclistas na pista. 

 

Descarte de resíduos

 

Como acontece todos os anos, a concessionária instalou lixeiras para o descarte de resíduos dos peregrinos. Ao todo, foram implantadas 70 lixeiras, principalmente no trecho entre Taubaté e Aparecida. No ano passado, a concessionária recolheu 18 toneladas de resíduos. A maior parte era de material reciclável, como garrafas plásticas, copos, embalagens de comida e latas de alumínio. Todo o resíduo recolhido na rodovia é levado para um local próprio para a reciclagem.

 

Trecho em obras

 

A concessionária está com obras em São Paulo, Guarulhos e São José dos Campos. Durante o período de maior volume de peregrinos caminhando pela rodovia, a sinalização nesses trechos será reforçada.

 

Leia também: Onda de calor em outubro, será?

Sul do Brasil e parte do Sudeste em alerta para temporais

 

 

 

 

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias