Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Guia para ver o eclipse solar anular- 14/10/23

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

6 min de leitura

Oferecido por

Chegou o grande dia! Um eclipse solar anular ocorre neste sábado, 14 de outubro de 2023. É um evento astronômico bastante especial porque quando ele ocorre, poucas áreas do planeta conseguem ver o eclipse solar anular completo, quando quase todo o disco solar fica escurecido, com uma borda iluminada, como se fosse um anel de fogo.


Para que você possa ver este espetáculo com toda a segurança (atenção com a proteção para os olhos!), a Climatempo preparou este guia completo. Aqui tem onde, quando, como e outras coisinhas mais como a previsão da nebulosidade! Afinal, eclipse do sol só dá para ver de dia.

 


LIVE do eclipse solar anular


Neste sábado, a partir das 15 horas (hora de Brasília) o site da Climatempo vai estar AO VIVO, com a transmissão do eclipse solar anular, em parceria com o professor Marcos Calil, do Momento Astronômico.

 

Marcos Calil está lá no sertão cearense, direto de Juazeiro do Norte, com equipamentos especiais para transmitir este eclipse.

 

 

Quando será o eclipse?

 

O eclipse solar anular ocorre entre o meio e o fim da tarde deste sábado, 14 de outubro de 2023.

 


Clique neste link se quiser saber mais sobre o que é e como ocorre um eclipse solar?

 


Qual o horário do eclipse?

 

O início, máximo e fim do evento ocorrem em horários diferentes, em cada parte do Brasil. Mas de forma geral, na maior parte do país, todo o eclipse solar anular ou o eclipse solar parcial, dependendo de onde você estiver, vai ocorrer entre aproximadamente 15 horas e 17h50, pelo horário de Brasília. A duração total terá cerca de 2 a 3 horas.

 

 

Horário do máximo do eclipse para algumas cidades brasileiras

O horário que aparece no topo das figuras é do ponto máximo do eclipse, sempre tendo como referência o horário de Brasília.

 

 

Capitais do Nordeste: visibilidade do eclipse solar anular de 14/10/23

 

 

Capitais do Sudeste: visibilidade do eclipse solar anular de 14/10/23

 

 

Capitais do Centro-Oeste: visibilidade do eclipse solar anular de 14/10/23

 

 

Algumas cidades do Norte (na faixa rosa): visibilidade do eclipse solar anular de 14/10/23

 

Capitais do Sul: visibilidade do eclipse solar anular de 14/10/23

 

 

Algumas cidades do Nordeste (faixa rosa): visibilidade do eclipse solar anular de 14/10/23

 


Como vou ver o eclipse?

 

O eclipse solar anular completo, ou seja, a visão de quase todo o sol escurecido e só uma borda iluminada ao redor, será vista apenas na estreita faixa em rosa da figura abaixo. 

 

Faixas de visibilidade do eclipse solar de 14/10/2023: anular e parcial


Todas as outras regiões do Brasil verão um eclipse solar parcial, quando apenas porções do disco solar ficam escurecidos.

 

A visão do eclipse solar de 14/10/23 no Brasil será como no mapa abaixo preparado pelo professor Marcos Calil.

 

 

Porcentagem aproximada da cobertura do disco solar no eclipse de 14/10/23 (Arte: Marcos Calil)


Nebulosidade x visibilidade do eclipse de 14/10/2023

 

Como não podia faltar, a Climatempo traz aqui a previsão da nebulosidade para a tarde deste sábado, que vai influenciar diretamente na visibilidade do evento. Um pouquinho de nuvens não atrapalha a visão do espetáculo, mas se o céu estiver com muitas nuvens, você terá que ter sorte para que elas não estejam na frente do sol justamente na hora do show.

 

Este mapa é uma estimativa da nebulosidade aproximada, para ajudar você a ver este belo espetáculo astronômico.

 

 

Eclipse solar anular: previsão da nebulosidade para tarde de 14/10/23 (Arte: Climatempo)

 

Muito importante: proteção para os olhos


A proteção para os olhos para apreciar um eclipse solar é extremamente importante. A visão direta, sem proteção, mesmo só por uns minutinhos, mesmo entre muitas nuvens atrapalhando a visão pode causar danos sérios à visão. Alguns problemas aparecem ao longo do tempo e não imediatamente.


Por isso, oriente-se por estes infográficos e faça uma observação em segurança.

 

O que NÃO fazer para observar o eclipse solar (Arte:Climatempo/Fonte: Marcos Calil)

 

 

Filtro com lente de soldador número 14 para ver o eclipse solar (Arte: Climatempo/Fonte: Marcos Calil)

 

Curta este eclipse solar anular porque o próximo que será visível assim, em alguma parte do Brasil, será só em fevereiro de 2027.


Clique neste link para saber quais os outros eclipses que o Brasil verá ou não nos próximos anos.

 

E se você conseguir fotografar o eclipse solar, compartilhe com a Climatempo!


Divirtam-se e bons céus, como gosta de dizer o professor Marcos Calil!

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias