22 dias quase sem chuva em São Paulo

29/06/2016 às 22:40
por Josélia Pegorim

Oferecimento
A poluição está aumentando

São Paulo está praticamente sem chuva há 22 dias. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a última chuva generalizada sobre a cidade ocorreu nos dias 6 e 7 de junho. A partir do dia 7, o pluviômetro do Mirante de Santana, na zona norte da capital, acumulou 0,5 mm entre 7 e 8 e mais 2,9 mm entre os dias 22 e 23 de junho. Mas nestas duas ocasiões, a chuva caiu em poucas áreas da cidade.

Estes mais de 20 dias quase sem chuva podem chegar se aproximar dos 30 porque não há expectativa de chuva para a região da cidade de São Paulo pelo menos até o dia 5 de julho.

O primeiro fim de semana do mês será com muito sol, com noites menos frias e tardes agradáveis.

 

 

 

No Canal Inverno: esta é a melhor época para voar de balão. Aventure-se!

 

Poluição

Os paulistanos terão mais alguns dias de sol e céu quase todo a azul, mas com aumento dos incômodos gerados pelo ar mais poluído. É a consequência direta da falta de chuva prolongada. Para piorar a qualidade do ar, o vento também enfraqueceu muito e a Grande São Paulo vem tendo várias horas com ar parado. Falta de ventos e de chuva são os fatores principais que causam o aumento da concentração de poluentes.

Nesta quinta-feira, a qualidade do ar poderá piorar na Grande São Paulo. Durante a quarta-feira, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) registrou qualidade do ar moderada a boa, mas a região de Cubatão, no litoral paulista, chegou a ter qualidade do ar muito ruim

Quem sofre com rinite, bronquite, asma e outras doenças respiratórias vai sentir um desconforto ainda mais por mais alguns dias.

 

Previna-se da asma e outras doenças respiratórias

 

Temperatura em elevação

São Paulo ficou menos fria na noite da quarta-feira, 29 de junho. Às 20 horas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrava uma temperatura de até 19,6°C na região do Mirante de Santana, na zona norte da capital. Esta foi a maior temperatura para este horário (20 horas) desde o dia 17 de junho, quando a temperatura chegou aos 20,1°C.

A população da Grande São Paulo poderá contar com ares mais quentes nos próximos dias permitindo até usar roupas mais leves durante a tarde. Dá até para pensar num "calorzinho" à tarde. Não vai faltar sol para esquentar o ar, mas há risco de nevoeiro no início manhã fazendo com que várias áreas da Grande São Paulo tenham sol apenas depois das 9 horas.

 

Confira a previsão para a Região Sudeste

 

 

 

Aproveite os dias secos e conheça alguns lugares especiais para apreciar o horizonte paulistano

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

25°
max

0mm / 0%