Quando vai refrescar em SP?

11/01/2017 às 21:20
por Josélia Pegorim

Atualizado 12/01/2017 às 07:55

Oferecimento
Capital paulista tem segundo período mais quente em 56 anos

Calor histórico na cidade de São Paulo

 Quem mora na cidade de São Paulo vem reclamando das altas temperaturas, do calor excessivo desde o início do verão, em 21 de dezembro de 2016. E com razão! Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira, 11 de janeiro, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) informou que a cidade de São Paulo está vivendo o segundo maior período com calor igual ou maior a 30°C em 56 anos, desde 1961. A análise dos registros de temperatura da estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo, foi feita a partir de 1961 porque os dados anteriores não estão disponíveis na forma digitalizada. A estação do Mirante de Santana faz medições meteorológicas desde 1943.

 

Com os 30,1°C de temperatura máxima registrados no dia 11 de janeiro de 2017, na medição das 16h, São Paulo completou 23 dias consecutivos com máximas iguais ou maiores a 30,0°C.

 

 

 

 

Segundo o INMET é a segunda vez que isto ocorre desde 1961. Esta sequência de dias muito quentes só perde para o período de entre 20/01/2014 e 14/02/2014 quando a capital paulista teve 26 dias consecutivos com temperaturas máximas iguais ou acima de 30,0°C.

Confira os três maiores períodos de dias consecutivos com calor acima de 30°C, de 1961 a 11/01/201

 

1 - 26 dias (de 20/01/2014 a 14/02/2014)

2 - 23 dias (de 20/12/2016 a 11/01/2017)

3 - 21 dias (de 18/01 a 07/02/1998)

 

7 perigos da onda de calor e como se proteger 

 

Quando vai refrescar?

Nos próximos dois dias, até a sexta-feira, 13 de janeiro, a temperatura máxima na cidade de São Paulo finalmente deve ficar abaixo dos 30°C. Mas o ar polar da frente fria que passa pelo litoral paulista não tem muita influência sobre a cidade. A temperatura vai baixar especialmente por causa da grande quantidade de nuvens e da chuva mais frequente.

 

 

Alerta contra dengue, chikungunya e zika aumenta com a chegada do verão

 

Risco de chuva forte e alagamentos

Nesta quinta, 12, e na sexta-feira toda a capital paulista e toda a Grande São Paulo vai passar várias horas com muitas nuvens, chuva e menos sol. Assim, até dá para dizer que vai ficar menos quente. Mas atenção com a chuva! Há possibilidade de chuva moderada a forte em algumas horas, podendo ocorrer novos alagamentos e até transbordamento de rios e córregos.

Para o fim de semana, a previsão é de esquentar novamente. O sol volta com força e as pancadas de chuva também voltam a partir da tarde.

 

Já está pensando no fim da semana na praia? Confira a previsão para o litoral de SP que teve chuva forte nesta quarta-feira

 

Por que tanto calor?

Tem chovido e até com forte intensidade, mas nem a chuva refresca.

Várias frentes frias passaram pelo litoral paulista desde o início do verão, mas mesmo assim o ar continua quente. A sensação de abafamento, de calor, é sentida na sombra, de dia e à noite, atrapalhando o sono e o dia a dia de muita gente. Só mesmo o ventilador ou o ar condicionado para diminuir o desconforto, mas pesar no bolso depois por causa do maior consumo de eletricidade.

Como explicar tanto calor? Um dos motivos é que as frentes frias que passaram pelo litoral de São Paulo desde o início do verão foram muito fracas e trouxeram pouco ar polar. O ventinho fresco polar praticamente não foi sentido no estado de São Paulo e nem no Rio Grande do Sul.

A umidade do ar elevada também colabora para aumentar a sensação de calor e de abafamento. A sensação térmica é maior com o ar mais úmido. O calor seco é mais suportável, menos desconfortável.

Veja uma explicação mais completa sobre o calor acima do normal que tem feito desde o início do verão 2016/2017

 

O que é a sensação térmica?

A sensação térmica varia muito ao longo de um dia, de um dia para outro, de um lugar para outro, mesmo dentro de nossa casa. Não existe termômetro para medir a sensação térmica.

A sensação térmica para o calor, chamado de índice de calor, é uma temperatura calculada por uma fórmula matemática que leva em consideração a temperatura real do ar e a umidade relativa do ar.

A sensação térmica para o frio considera a temperatura real do ar e a velocidade do vento.

Saiba mais sobre a sensação térmica

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

20°
min

27°
max

14mm / 90%

FASES DA LUA

  • Nova
    15/02
  • Crescente
    23/02
  • Cheia
    31/01
  • Minguante
    07/02

ESTAÇÕES DO ANO

  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09