ALERTA

1 notificações

Fantásticas nuvens cariocas

15/02/2017 às 16:54
por Josélia Pegorim

Atualizado 15/02/2017 às 20:02

Oferecimento
Uma combinação especial da pressão e dos ventos

Fantásticas nuvens apareceram no céu da cidade do Rio de Janeiro ao anoitecer do dia 7 de fevereiro de 2017. Como Aliens interplanetários ou na nossa imaginação, se contorciam no céu assumindo formas incríveis. Houve o princípio de formação de uma nuvem funil e também das nuvens lenticulares, que parecem chapéus sem ponta

Muitos não devem ter notado a presença destas nuvens. Outros olharam para o céu, mas nada perceberam de diferente. Porém, uma pessoa viu e fotografou as fascinantes nuvens e cores do céu carioca ao por do sol do dia 7 de fevereiro de 2017.

Compartilhamos com você a beleza das nuvens e os comentários de Helio C. Vital, o autor de todas as fotos e que autorizou a publicação no site da Climatempo. Até os meteorologistas ficaram emocionados.

Para melhor apreciação da beleza destas nuvens incluímos as imagens da animação separadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Compartilho os registros que fiz de uma nuvem funil que observei em torno das 19:00 da terça-feira, dia 7 de fevereiro, cerca de meia hora antes do pôr do Sol. Meus registros foram feitos com uma câmera Canon PowerShot SX60 HS sob alto zoom.

Choveu horas depois, mas aparentemente as nuvens ameaçadoras, que anunciaram a chegada de uma nova massa de ar, não causaram problemas. Foi um espetáculo inesquecível!

Curiosamente, a chuva só veio horas depois e durou boa parte da noite. Havia um interessante vórtice sobre a base do sistema de nuvens carregadas. Ele causava variações nas formas das formações, que se alteravam de um minuto para outro e que produziram a nuvem funil, dentre várias outras formas.

Os ventos fortes também modelaram o topo de algumas nuvens vizinhas, produzindo nelas os traços suaves e ondulados, característicos das formações lenticulares. Foi cerca de meia hora de um impressionante espetáculo que aconteceu pouco antes do pôr do Sol."

 

Você já viu uma nuvem rara?

 

O que Hélio C. Vital descreveu foi a materialização de uma situação de ar muito úmido e quente no Rio De Janeiro e a presença de uma área baixa pressão no mar, entre o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Como o próprio Hélio comentou, os ventos fortes nos níveis mais elevados da atmosfera atuaram como artesãos, modelando as nuvens em formas surpreendentes.

Na manhã do dia 7 de fevereiro de 2017 houve uma forte instabilidade na região da restinga da Marambaia, que é o extremo oeste da cidade do Rio, onde uma grande tromba d´água foi observada e fotografada.

 

Saiba mais sobre o temporal no RJ no dia 7/2/2017

 

 

Uma semana depois, o Rio de Janeiro se encontra sob a influência de um forte sistema de alta pressão atmosférica que seca o ar, achata as nuvens e até impede completamente a formação delas.

A alta pressão deixa o Rio numa outra situação, com outra beleza, a do céu azul carioca.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

13°
min

24°
max

0mm / 0%

Rio de Janeiro - RJ

15°
min

26°
max

0mm / 0%