Palmas está tendo o setembro mais quente de sua história

23/09/2017 às 16:25
por Josélia Pegorim

Atualizado 24/09/2017 às 14:00

Oferecimento
Primavera começou com recorde de calor

Palmas, a capital do Tocantins, está tendo o setembro mais quente de sua história meteorológica que começou em outubro de 1993. Em 23 dias de medições, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 40,0°C ou mais em 11 dias.

  

  

Setembro mais quente da história

Setembro de 2017 está sendo o setembro mais quente em Palmas desde que começaram os registros do Instituto Nacional de Meteorologia, em 1993. Em 23 dias de medições,  11 foram com calor de 40,0°C ou maior. É a primeira vez que Palmas tem 10 dias ou mais com temperatura igual ou superior aos 40°C em setembro. O recorde anterior do mês com maior número de dias com temperaturas na marca dos 40°C era de setembro dos anos de 2015 e 2016, os dois com 7 dias nesta condição.

Temperaturas no dígito dos 40,0°C costumam ocorrer em Palmas especialmente em setembro e em outubro. Eventualmente esta marca é alcançada em agosto, ou em novembro e em dezembro. Nestes dois últimos meses em geral já tem as grandes nuvens e a chuva à tarde que limitam o aquecimento extremo do ar.

Nos registros do INMET, a maior temperatura em um dia setembro desde 1993 foi 41,9°C e 19/9/2013.

 

Seca e calor continuam

Palmas é uma das capitais mais quentes do Brasil e setembro normalmente é bastante calorento. Este mês em geral é de escassez de nuvens e de chuva. Com o sol forte o dia todo e sem receber ar de origem polar, o aquecimento é muito grande todos os dias. Até o fim do mês, Palmas poderá ter outros dias com calor de 40°C ou mais.

Em 23 de setembro, a capital do Tocantins completou 133 dias sem chuva. O último registro de chuva que molhou o chão feito pelo INMET foi entre 12 e 13 de maio quando choveu 13,7 mm. Chuviscou entre os dias 23 e 24 maio, mas só acumulou 0,1 mm.

Ainda não choveu em setembro, falta pouco para o mês acabar e a possibilidade de chover é bastante baixa até o fim do mês. A maior chance de alguma chuva apontada pelas estimativas numéricas dos computadores é para os dias 29 ou 30 de setembro. Mas se não cair um pingo até o fim do mês, setembro de 2017 vai ser igual ao de 2012 quando também não houve registrou de chuva no mês.

 

Confira a previsão para  Região Norte

 

Análise da chuva no BR até 7 de outubro

 

Previsão para a Primavera 2017 na Região Norte

 

 

Foto: Gleive Marcio Rodrigues, Palmas (TO)

CIDADES RELACIONADAS

Palmas - TO

19°
min

33°
max

0mm / 0%