Estiagem começou no sul da Região Norte

08/05/2018 às 12:42
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Calor aumenta no TO e Palmas registra maior temperatura do ano até agora

Recorde de calor em Palmas (TO)

 

Com pouca nebulosidade, sem chuva e o sol forte o dia todo, o estado do Tocantins vem sendo uma das regiões mais quentes do Brasil nas últimos dias. As duas maiores temperaturas ontem no país foram no estado: Porto Nacional, com 36,6°C (igualou a Sonora, em Mato Grosso do Sul) e em Palmas, a capital do Tocantins, que registrou 36,5°C.

 

A tarde de 7 de maio foi a mais quente do ano até agora em Palmas. O recorde anterior era de 36,4°C, em 30 de abril.   As medições foram do Instituto Nacional de Meteorologia. Desde meados de abril, quando a chuva rareou, o calor só vem aumentando em Palmas e em todo o Tocantins. Segundo o INMET, do dia 15 de abril até 8 de maio choveu em apenas 4 dia em Palmas.

 

 

Foto de Gleive Marcio Rodrigues, Palmas (TO)

 

Estiagem começou no sul da Região Norte

O que está ocorrendo no Tocantins neste início de maio é normal. O estado começou a sentir o início do longo período normal de estiagem que começa durante o outono e se prolonga até o começo da primavera.  As pancadas de chuva que ocorriam quase todos os dias durante o verão, e muitas vezes com forte intensidade, serão cada vez mais raras até a primavera chegar. O calor é constantes e aumenta nos próximos meses até passar dos 40°C antes da chuva recomeçar.

 

Além do calor intenso, todos os dias, a população do Tocantins também começa a sofrer com a baixa umidade do ar e a poluição. Sem a chuva, a poeira fica em suspensão. Níveis de umidade no ar de 20% a 30%, até mesmo abaixo dos 20%, são comuns no período de estiagem.

Situação semelhante já começa ser observada também  no sul do Pará e aos poucos será notada por todo o sul da Região Norte.

 

Previsão de chuva

Pelo menos até o próximo domingo, o sol forte o tempo seco predominam sobre o Tocantins. Há previsão e algumas pancadas de chuva apenas para o norte do estado. A chance de chover em Palmas é baixa.

 

Chuva forte no PA e AP

As nuvens carregadas da Zona de Convergência Intertropical continuam sobre o extremo norte do Brasil e provocam chuva frequente nos próximos dias sobre o norte do Pará, Amapá e Roraima. Até o domingo, há risco de chuva forte e volumosa inclusive sobre as capitais Belém, Macapá, Manaus e Boa Vista.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre 9 horas do dia 7 e 9 horas de 8 de maio (horário de Brasília), choveu 93,7 mm em Belém e 101,0 mm em Cametá, no Pará.

CIDADES RELACIONADAS

Belém - PA

23°
min

32°
max

10mm / 67%

Palmas - TO

24°
min

36°
max

6mm / 90%