Pode nevar no último fim de semana de agosto

22/08/2018 às 17:15
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Influência de forte massa de ar frio de origem polar e de um ciclone extratropical podem gerar nuvens com neve no Sul do Brasil.

Um novo evento de queda de neve no Sul do Brasil está sendo considerado para o fim de semana de 25 e 26 de agosto de 2018, o último deste mês que certamente vai entrar na lista de “meses atípicos” de muitos meteorologistas.  A possibilidade de nevar novamente este ano está sendo considerada para o sábado, 25 de agosto, nas áreas mais elevadas das regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

 

Precipitações de inverno

O frio intenso e o excesso de umidade podem gerar flocos de neve ou outras precipitações de de inverno como neve granular, chuva congelada ou chuva congelante. A ocorrência de algum destes fenômenos é mais provável em regiões acima de 1000 metros de altitude. Assim, cidades como São José dos Ausentes (RS), São Joaquim (SC), Urubici (SC), Urupema (SC) estão entre os locais com chance de ver algum destes fenômenos.

O infográfico ajuda a entender a diferença entre cada tipo de precipitação de inverno.

 

 

Tipos de precipitações de inverno

 

 

Por que pode nevar?

Não é comum nevar em agosto, mas já ocorreu em um passado recente, no ano de 2016 e várias vezes no inesquecível inverno de 2013.

O que traz a chance de outra queda de neve e a chegada de uma grande e forte frente fria sobre o Brasil no último fim de semana de agosto. Durante a passagem deste sistema, vários locais do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, de Rondônia, do Acre e do sul do Amazonas podem ter chuva forte, rajadas de vento intensas, queda de granizo.

 

Esta frente fria vem associada a uma intensa massa de ar frio, de origem polar, e de um forte ciclone extratropical. Esta massa de ar polar trazer mais frio para o centro-sul do Brasil e reforçar a tendência de um agosto frio, com temperaturas abaixo da média.

O frio intenso desta frente fria começa a influenciar o Brasil na sexta-feira, 24 de agosto, mas vai atuar com mais força sobre a Região Sul durante o sábado, 25 de agosto. Enquanto vento frio da massa polar entra pelo interior do Sul do Brasil e esfria a atmosfera, o vento do ciclone extratropical da frente fria injeta ar úmido do mar para o continente para a formar as nuvens que poderão provocar a neve.

 

 

 

A letra A representa o centro de alta pressão atmosférica associado com a massa de ar frio de origem polar no dia 25 de agosto. A letra B representa o centro da baixa pressão atmosférica do ciclone extratropical associado com a frente fria que chega ao Brasil na sexta-feira, 24 de agosto.

 

Se a neve ocorrer no próximo sábado, 25, será o segundo episódio de neve em agosto de 2018. O primeiro ocorreu no dia 9 de agosto.

 

 

Foto de Fernando Keiser, Urubici (SC), 9/8/18

 

Confira outros eventos de neve que já ocorreram em 2018

 

Cidade do Paraná registra chuva congelada - 14/06/2018

 

Neva no RS e na província de Buenos Aires - 04/07/2018

 

Muitos flocos de neve sobre a serra de SC - 10/07/2018

 

 

 

Geada

No domingo, a chance de nevar já será descartada, pois o ciclone extratropical estará se afastando da Região Sul e a alimentação de umidade marítima vai parar. Assim, não haverá mais condições para a formação de nebulosidade.

O frio intenso e seco avança do interior do continente no domingo dissipando a nebulosidade. Assim, durante o domingo, a Região Sul vai amanhecer gelada, ensolarada e com muita geada.  Pode gear na Grande Porto Alegre.

CIDADES RELACIONADAS

Porto Alegre - RS


min

18°
max

0mm / 0%