Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Rio Negro ultrapassa a cota de inundação

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

 Revisado por : Fabiene Casamento

 

 

O Rio Negro, em Manaus, no Amazonas, ultrapassou nesta semana a cota de inundação, de 27,50 metros. No meio desta sexta-feira, (08), a cota já estava em 27,77 metros, segundo dados do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e do Porto de Manaus.

 

Isso se deve aos 1083,7mm de chuva registrados em Manaus neste ano de 2022, entre o dia 1 de janeiro e às 09 horas do dia 8 de abril, o que representa 86,4% da Climatologia do período de janeiro a abril (1254,3mm), de acordo com dados da estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

 

 

GettyImages-1143984881Foto: Getty Images

 

Vale ressaltar que em junho de 2021 aconteceu a cheia histórica no Rio Negro, em Manaus, com 30,02 metros, e foi a maior desde 1902,  o maior nível em 120 anos.


Até o dia 08/04/2022, a marca de 27,77 metros era o menor valor entre as cotas máximas dos últimos 6 anos, desde 2016, quando atingiu 27,19 de cota máxima em 15 de junho daquele ano.

 

enchentes (2)

 Cotas máximas anuais desde 2013 no Rio Negro, em metros. Fonte: CPRM

 

Chuva de janeiro a abril nos recentes anos

 

Os 1083,7mm de chuva em Manaus neste início de 2022, apesar de ser elevado, está sendo o menor acumulado dos últimos 5 anos, desde 2018 quando acumulou 1070,4mm, considerando todo o período de janeiro ao final de abril de cada ano. 

 

 

chuva

Chuva anual entre janeiro e abril desde 2017 em Manaus(AM). Fonte:INMET

 

Tendência 


A chuva ainda persiste no decorrer deste mês de abril e em maio. A previsão indica chuva acima média em parte do Amazonas, incluindo a região de Manaus, o que favorecerá o aumento do nível do Rio Negro nos próximos dias.  A CPRM estima que o nível chegue aos 29,4 metros, em média, em meados deste ano. 

 

Os maiores volumes de chuva no Amazonas devem ficar concentrados nas faixas norte e leste do estado, incluindo a região de Manaus. Assim, até a manhã da próxima quarta-feira (13) os volumes de chuva devem variar entre 100 e 300mm no estado do Amazonas. A chuva ocorre devido ao calor, à alta umidade do ar e à circulação dos ventos nos níveis mais elevados da atmosfera. Além disso, este ano a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) está mais próxima do Norte do Brasil.

 

A ZCIT se forma pelo encontro dos ventos alísios dos dois hemisférios e causa bastante chuva quando atua. Sua posição mais próxima do norte do Nordeste e do Norte do Brasil ocorre quando as temperaturas da faixa tropical sul do Atlântico Norte está mais quente que o normal nesta época do ano.

 

Até meados da semana que vem, o alerta para chuva volumosa e temporais vale para grande parte da Região Norte e do Nordeste do país. Acumulados de mais de 100mm, nesse período, são esperados para o Amazonas, centro norte do Pará, no Amapá, norte do Tocantins, no Maranhão, centro norte do Piauí, litoral do Ceará e o oeste do Rio Grande do Norte.

  

pentada

Acumulado de chuva previsto entre 08/04/2022 e 12/04/2022. 

 

 

Confira também como será o decorrer deste Outono pelo Brasil! 

+ mais notícias