Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Semana de muita chuva no Sul, Nordeste e Norte do Brasil

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

7 min de leitura

Muita chuva está prevista para o vários estados brasileiros nos próximos dias.  

A chuva será volumosa na semana de 10 a16 de abril nas Regiões Norte, Nordeste e Sul do Brasil, no norte do Mato Grosso, no sul do Mato Grosso do Sul e em áreas de Minas Gerais, São Paulo e Rio De Janeiro.

 

Nessas áreas, os volumes de chuva podem alcançar valores entre 100mm e 300mm nesse período, com potencial para danos.
 

 

Previsão de acumulados de chuva entre os dias 09/04/2022 e 13/04/2022. Fonte: Climatempo

 

 

 Previsão de acumulados de chuva entre os dias 14/04/2022 e 13/04/2022. Fonte: Climatempo

 

 

Sistemas meteorológicos que atuam no BR nos próximos dias

 

A partir deste domingo(10), os temporais retornam com força na Região Sul e em parte do Mato Grosso do Sul, com chuva intensa, que virá com raios, rajadas de vento que podem alcançar os 80 km/h e queda de granizo.

 

No domingo(10), as áreas de instabilidade se formam pela combinação de um corredor de umidade que vem da Amazônia, de uma baixa pressão atmosférica entre o Paraguai e o oeste do Sul do Brasil e as fortes correntes de vento em níveis elevados da atmosfera.
 

Já entre a segunda(11) e a quarta-feira (13) a Região Sul do país, o Mato Grosso do Sul e parte da Região Sudeste vão sentir a influência de outras áreas de baixas pressões atmosféricas, que vão reforçar as condições para chuva.

 

Uma destas baixas pressões deve formar na costa de São Paulo e do Paraná a partir da quarta-feira,  13 de abril, e se junta com uma frente fria que estará avançando pela costa do Rio Grande do Sul. Esta frente fria vem associada a ciclone extratropical, que estará na costa norte da Argentina.

 

 

Mapa dos sistemas meteorológicos que deverão atuar no Brasil até 14/04/2022. Fonte: Climatempo

 

 

Nova frente fria

 

Uma nova frente fria chega ao litoral gaúcho na segunda-feira, 11 de abril, a avança pela costa da Região Sul durante a terça-feira, dia 12.  Ainda na terça-feira, esta frente fria vai ajudar a aumentar as instabilidades em São Paulo e em Mato Grosso do Sul.

 

Atenção!  esta frente fria causa bastante chuva no sul de Mato Grosso do Sul e nos estados da Região Sul. O calor e a alta umidade serão predominantes para o desenvolvimento de temporais entre São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais na terça, com potencial para danos e queda de granizo.

 

Aliás, vale lembrar que na segunda-feira, 11, áreas de São Paulo e de Minas Gerais já poderão ter de pancadas fortes de chuva e pedras de gelo, além de rajadas de vento.

 

Baixa pressão atmosférica aumenta a chuva no Sudeste

 

A partir da quarta-feira, 13 de abril, a presença da baixa pressão na costa do Sudeste e o deslocamento da nova frente fria pelo oceano vão aumentar as condições para chuva no restante da semana também no Rio de Janeiro e em Minas Gerais. No próximo final de semana, a chance de chuva aumenta sobre o Espírito Santo e sobre o sul e leste da Bahia. 

 

 

Previsão para a Região Norte e Nordeste do Brasil

 

Destaque também para a Região Norte e Nordeste do Brasil até 17 de abril, pois as chuvas são intensas e volumosas, causando mais cheias e com condições para deslizamentos de terra.

 

Os maiores acumulados de chuva acontecem sobre o Amazonas, Pará, no oeste e leste do Acre, no sul de Roraima, no sul e leste do Amapá, centro-norte do Maranhão e do Piauí e litorais do Ceará e do Rio Grande do Norte. 

 

O excesso de chuva sobre o Norte e Nordeste do Brasil ainda está relacionado com a presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que vem atuando em banda dupla nas últimas semanas.

 

A ZCIT atua no Amapá, no norte do Pará, no Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, e também influencia parte do Amazonas e Roraima. 

 

Além da ZCIT, a borda de um vórtice ciclônico em altitude (VCAN) ajudará a aumentar as precipitações no Nordeste do país e parte do Tocantins nos próximos dias. 

 

Atenção para a chuva volumosa em Salvador(BA) no próximo final de semana. A chuva já aumenta partir do sábado (16).

 

 

Fique atento: nova onda de frio deve chegar ao Brasil no fim desta semana

 

Novo ciclone subtropical?
 

Entre os dias 12 e 15 de abril uma área de baixa pressão atmosférica se intensidade sobre o oceano, mas em alto-mar,  afastada da costa da Região Sudeste do país.  A estimativa inicial é que a velocidade dos ventos deste sistema alcance de 70km/h a 95km/h nesse período. Se isto se confirmar, esta baixa pressão atmosférica poderá se transformar em um ciclone subtropical em alto mar. 

 

Como o sistema se organiza na região oceânica afastada do continente, o risco de danos será para a navegação em alto mar.

 

A Climatempo vai acompanhar as novas simulações numéricas de previsão do tempo nos próximos dias para validar ou não a formação do ciclone subtropical.

 

 Rio Negro ultrapassa a cota de inundação

 

Médias climatológicas trazem reflexões sobre mudanças climáticas

+ mais notícias