Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Temperatura amena e céu azul favorecem produtividade, diz estudo

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

Imagem: Pixabay

 

Céu azul e temperatura branda são as condições associadas a maior produtividade no trabalho para cerca de 28% dos colaboradores, de acordo com uma pesquisa encomendada pela Wisetail, e conduzida pela OnePoll,  com dois mil adultos. Para 73% das pessoas entrevistadas, as condições do tempo impactam diretamente na maneira como desenvolvem suas atividades profissionais.

 

Entre os fatores que podem afetar negativamente o dia de trabalho estão condições como chuvas pesadas (25%) e temperaturas congelantes (25%). No geral, a motivação para aprender e absorver informações no emprego diminui para 68% dos colaboradores quando as condições do tempo estão ruins.

 

Circunstâncias desagradáveis do Clima são razão suficiente para 63% acreditar ser perdoável levar mais tempo para concluir suas tarefas no trabalho. Para 43%, a primavera é o período em que conseguem alcançar seu melhor nível de produtividade.

 

Segundo um estudo realizado pelo International Journal of Hygiene and Environmental Health, a faixa ideal de temperatura para o desempenho cognitivo e de trabalho é de 22°C a 24°C. Outro levantamento, feito pela Universidade de Chicago, revela que cada grau acima da temperatura média de uma região pode fazer a produtividade dos trabalhadores cair.

 

Além de influenciar o rendimento, as temperaturas baixas também levam os trabalhadores a cometerem mais falhas, indica pesquisa feita pela Universidade Cornell. No experimento indicado, quando a temperatura aumentou de 20˚C para 25˚C, os erros de digitação diminuíram em cerca de 50% e a produtividade cresceu em mais de 100%.

 

Leia também:

EUA: Empregados da Apple se sindicalizam pela primeira vez

O frio não espera, mas pode ser previsto

Produção na indústria crescem em maio, aponta pesquisa

+ mais notícias