Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Frente fria intensifica chuva na Região Sudeste

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

8 min de leitura

Oferecido por

O ar quente e úmido predomina sobre o Brasil e a circulação dos ventos em vários níveis da atmosfera forma muitas áreas de instabilidade sobre o país. Os aglomerados de nuvens que crescem sobre o interior do Brasil se juntam com uma frente fria que avançou para a costa da Região Sudeste. Nesta terça-feira, esta frente fria fica próxima ao litoral do Rio De Janeiro e ajuda a aumentas as condições para chuva sobre o Sudeste do Brasil. 

 

A zona de convergência intertropical (ZCIT) aumenta a instabilidade em parte do Norte e do Nordeste do Brasil

O ar seco avança sobre o Sul do Brasil reduzindo a nebulosidade e as condições para chuva. Uma massa de ar quente ainda mantém as temperaturas acima do normal no Rio Grande do Sul.

 

 

Nuvens carregadas sobre Oliveira (MG) - Foto: Climaaovivo

 


Previsão do tempo para 24/01/2023 -terça-feira

 


Região Sul

O ar seco avança sobre o Sul do Brasil diminuindo a nebulosidade e as condições para chuva. Quase toda a Região tem um dia com muito sol, quente e sem chuva. Algumas pancadas de chuva e raios ainda podem ocorrer à tarde e à noite no norte do Paraná. Chove de forma isolada no litoral sul catarinense e Grande Florianópolis

 

O calor ainda é intenso sobre o Rio Grande do Sul, com temperaturas que podem chegar aos 40°C. Porto Alegre deve ser a capital mais quente do Brasil nesta terça-feira.

 


Região Sudeste

Uma frente fria passa pelo litoral do estado do Rio de Janeiro e intensifica áreas de instabilidade sobre a Região Sudeste. Nuvens carregadas atuam sobre quase toda a Região provocando chuva forte e volumosa.

O oeste e o centro-sul de São Paulo têm sol e pancadas de chuva passageiras a partir da tarde. Nas demais áreas de São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no Espírito Santo, as pancadas de chuva ocorrem a qualquer hora. Há risco de raios e de chuva forte em todos os estados do Sudeste. O ar fica abafado e faz calor.

 

Grandes volumes de chuva devem ser acumulados no decorrer do dia sobre Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, com potencial para enchentes e alagamentos.

 

 


Região Centro-Oeste

O ar quente e  úmido predomina sobre a Região Centro-Oeste do país e muitas  áreas de instabilidade crescem sobre a Região. Há condições para pancadas de chuva com raios em todos os estados e no Distrito Federal. 

O sol predomina o dia todo apenas no sul de Mato Grosso do Sul. As demais áreas de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal passam um dia com muitas nuvens, períodos com sol e pancadas de chuva a qualquer hora. O risco de chuva forte é maior sobre Goiás, Distrito Federal e no norte de Mato Grosso.

 


Região Nordeste

Áreas de instabilidade se espalham sobre a Região Nordeste do Brasil. Há condições para pancadas de chuva em praticamente toda a Região.

O tempo deve ficar seco, com sol e sem chuva numa pequena área entre o nordeste da Bahia, Sergipe, Alagoas e no Agreste de Pernambuco. No sul e leste da Bahia, no litoral e na Zona da Mata de Pernambuco, da Paraíba e o litoral leste do Rio Grande do Norte o dia é com muito sol e chuva passageira. No restante do Nordeste, ocorrem períodos com sol e pancadas de chuva a qualquer hora do dia. 

 

Atenção para o risco de raios no Maranhão, Piauí, Ceará, sertão do Pernambuco, para o oeste da Bahia e para o Vale do São Francisco.

 


Região Norte

Grandes áreas de instabilidade continuam espalhadas sobre o Norte do Brasil. Toda quase toda a Região tem muita nebulosidade, períodos com Sol e fortes pancadas de chuva com raios. Chove várias vezes no decorrer do dia e há risco de chuva forte, exceto no Acre, leste e nordeste de Roraima. 

 

Em Boa Vista, capital de Roraima, o Instituto nacional de meteorologia registrou 90,3 mm em 23 de janeiro, cerca do triplo da média de chuva para o mês que é de 29,1 mm. Já é o maior volume de chuva em um janeiro em Boa Vista desde 2021, quando choveu 115,8 mm

 


Alertas meteorológicos para  24/01/2023 -terça-feira

 

Atenção para o risco de chuva forte nas capitais São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vitória, Campo Grande, |Cuiabá, Goiânia, Brasília, Fortaleza, Teresina, São Luís, Belém, Macapá, Manaus, Palmas e Porto Velho.

 

Aviso especial: perigo para temporais e chuva volumosa, com potencial para alagamentos e enchentes na região Serrana do Rio de Janeiro, no interior do Espírito Santo, no centro-oeste de Minas Gerais,  na Zona da Mata Mineira e no Vale do Rio Doce, incluindo a Grande Belo Horizonte.

 

Alerta para temporais no Vale do Paraíba (SP), Serra da Mantiqueira (SP) e Litoral Norte paulista, em todo o estado do Rio de Janeiro, em todo o Espírito Santo, no estado de Minas Gerais (exceto no Sul de Minas, em Goiás, no Distrito Federal, no norte e leste de Mato Grosso, no oeste, centro e leste do Amazonas, no Pará (exceto no noroeste do estado), no litoral do Amapá, no extremo norte do Tocantins e no sul do Maranhão

 

Atenção para a chuva moderada forte, com raios e fortes rajadas de vento no centro-norte e leste de São Paulo, no norte e extremo oeste  de Minas Gerais (divisas do Goiás e Bahia), no Sul de Minas, no centro, norte e oeste de Mato Grosso do Sul, no centro, sul e oeste de Mato Grosso, no Oeste da Bahia e no Vale do São Francisco, no sertão de Pernambuco, no Ceará, no Piauí, no Maranhão (exceto no sul do estado), no Tocantins (exceto no norte do estado), no noroeste do Pará, em Roraima (exceto no leste e nordeste do estado), no norte e sul do Amazonas, em Rondônia

 

Atenção para o ar seco, com níveis de umidade no ar entre 21% e 30% no interior do Rio Grande do Sul, no oeste de Santa Catarina e sudoeste do Paraná.

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias